Já não é novidade que a música eletrônica vem comandando as pistas e as paradas Brasil afora. Lá no começo, estávamos habituados a curtir apenas remixes de músicas da gringa, geralmente em inglês, que já eram sucesso nos principais charts mundiais. Mas a cena mudou, evoluiu e hoje podemos observar grandes sucessos, 100% autorais, frutos de trabalho nacional. Contudo, nem só de DJs e produtores vive esse meio e toda essa transformação. Vozes nacionais têm sido as queridinhas dos artistas para dar personalidade às suas músicas. Quem são as vozes por trás dos maiores hits que embalam as vibez por aí? Vem saber com a gente!

Rael da Rima

Rael da Rima, ou apenas Rael é um compositor, cantor e rapper Paulistano, já com longa carreira. O artista tem 35 anos e é músico desde os 16, passando pelo grupo de rap Pentágono e depois seguindo carreira solo, gravando com nomes como Criolo e Emicida. O rapper embarcou na música eletrônica apenas para alavancar ainda mais a sua carreira e experimentar novos horizontes musicais, já que é dono de vários sons de sucesso como: “Envolvidão” e “Rouxinol.”

Tá curioso pra saber como o cantor misturou o seu gingado com os graves do deep house brasuca? Confira “Tá pra Nascer Quem não Gosta”, produzida pela dupla Seakret e o DJ e produtor RICCI:

Grace Grey

A voz de “Meu Vício”, de Gustavo Mota e Evoxx é uma figura multifacetada. Grace é cantora, compositora, DJ, produtora e estilista. UFA! Com tanto talento, não seria surpresa que sua collab com um dos DJs mais requisitados de 2017 fosse sucesso absoluto nas pistas.

Grey contou para a gente em uma entrevista exclusiva que canta desde os seus 6 anos de idade e é inspirada por figuras como Corona, Madonna e Cindy Lauper. Ela também ama compor e já soma mais de 70 músicas de sua autoria, mas que ainda estão escondidas.

A música eletrônica entrou na sua vida em 2013, quando ela gravou um vocal para o produtor GobbiBTS, que a incentivou a mergulhar ainda mais nesse universo. Grace participou de diversas collabs, em diversos gêneros, o que lhe deu uma super bagagem para se tornar a artista que é hoje.

O convite para gravar a track “Meu Vício” veio do produtor Evoxx, que desafiou Grace a compor uma canção em português, coisa que ela não fazia há tempos. O sucesso do seu som foi surpresa para a vocalista, que hoje sobe em palcos do Brasil todo para fazer as vibez da galera em diversos eventos.
Tem novidade da Grace vindo por aí, mas é segredo! Por enquanto, curta aí a track “Meu vício”:

Kamatos

Com mais 20 milhões de streamings nas plataformas digitais, “Our Way”, parceria de FTAMPA com Kamatos é um dos maiores sucessos quando o assunto é e-music Brasil. Tivemos um papo exclusivo com a voz desse som único. Confira parte de nossa entrevista:

Fellipe: Como surgiu o convite para fazer a sua primeira collab?

A minha primeira collab aconteceu em 2015, chamada “Free Yourself and Fall” com o DJ e produtor Be Lion! O Henrique me encontrou via Facebook e assistindo aos meus vídeos de covers acústicos […] e me convidou para compor a melodia e letra da música. […] Foi uma ótima oportunidade, a partir da qual as portas do mercado se abriam para mim. Logo em seguida compus a minha música de maior sucesso, “Our Way”, em parceria com FTAMPA. […]

Fellipe: Você já tinha se imaginado sendo a voz de grandes hits? Como tem sido essa experiência?

[…] Ser a voz de um hit é um sonho e uma das melhores sensações do mundo! Poder compartilhar música com as pessoas e vê-las cantando, sentindo e vibrando com ela, não tem preço! Garanto que é muito mais do que sempre sonhei! Chega a ser mágico!

Confira o sucesso “Our Way”:

Fellipe: Tem música nova vindo por aí? Dá uma dica pra gente!

Claro que tem! Acabo de lançar o meu primeiro single solo, chamado “Let Me Go Crazy”! A música foi lançada via Sony Music e produzida pelo, agora meu grande amigo, FTAMPA. […] A música fala de amor e de como precisamos dele para reconquistar a confiança de quem gostamos e queremos ao nosso lado. […]

Ouça:

Breno Miranda

Este é, sem dúvidas, o cantor que mais coleciona hits na música eletrônica brasileira. O artista já soma quase 1 milhão de ouvintes mensais no Spotify e hits com aproximadamente 6 milhões de reproduções na plataforma de streaming, por exemplo.

Breno é mineiro, de Belo Horizonte e tem contato com a música desde os 13 anos. O cantor já emplacou hits com figuras como Vintage Culture, KVSH e Gabriel Boni. Sua primeira collab de sucesso foi “Sede Pra Te Ver” e conquistou o público e as pistas já nas primeiras semanas. Escuta aí:

Conversamos com o Breno e ele contou pra gente como tem sido a sua carreira após embarcar na e-music, onde conquistou sucesso e reconhecimento como profissional:

“Apesar do sonho de ser reconhecido, nunca me imaginei famoso, o que parece contraditório. Tive muitas dificuldades em acreditar que o que eu fazia era bom. Afinal, todo músico sabe o que é ser músico. Passar por cima dos sermões de família e da falta de credibilidade de muitas pessoas no nosso país não é fácil. Mas hoje, finalmente, posso desfrutar dos anos de trabalho investidos e dedicados a essa meta.”

Seu mais novo sucesso vem conquistando as paradas nacionais e já se encontra entre as 50 músicas mais ouvidas pelos usuários do Spotify aqui no Brasil. Confira sua parceria com o mestre Vintage Culture, “Cante por Nós”:

E não para por aí! Também ficamos sabendo com exclusividade que vem muita novidade: parcerias com Vintage Culture, Cat Dealers, LOthief, Santti, Ghostt, VINNE e Talking Dirty já já surgem pra gente fazer muitas vibez!

E aí, você já fez vibez com algumas dessas vozes por aí? Conta pra gente! Quem mais você acha que deveria estar nessa lista?

Comments

comments