Descrever um DJ como Pete Tong pode parecer fácil, afinal, muitos foram os atributos deixados pelo artista desde meados dos anos 80, quando iniciou a carreira em Londres, na Inglaterra. De lá até aqui, importantes projetos e residências fizeram dele um dos DJs mais requisitados em todo o mundo. Para citar alguns, destaque para a histórica residência no Ministry of Sound nos anos 90, neste que é o mais tradicional club do Reino Unido e que teve importante missão na proliferação da cultura club  para o resto do mundo. Como documento, Pete gravou uma coletânea para a extinta série de mix CDs Dance Nation, lançada pelo label do próprio club londrino. 

Pete é também o nome por trás do Radio 1, tradicional programa de rádio do canal BBC dedicado à dance music. Lá o DJ atua também como apresentador e curador, e é responsável por apontar tendências e revelar talentos quase que semanalmente durante as transmissões. Hoje, Pete divide seu tempo entre a Inglaterra e os Estados Unidos, onde encabeça diversos projetos relacionados a música eletrônica. Pete Tong chega pela primeira vez para comandar o booth do Ame Club, em apresentação única e exclusiva no Brasil. Se liga no som dessa lenda viva:

Outro nome de peso do house britânico que chega para somar forças no Ame Club é Matthew Benjamin, mundialmente conhecido como Bushwacka!, da extinta dupla Layo & Bushwacka!. DJ e produtor de longa data, Bushwacka! começou a discotecar na época do boom da acid house na Inglaterra nos anos 80, e logo conheceu Layo Paskin para formarem a dupla Layo & Bushwacka!, após se conhecerem no extinto club londrino The End, onde Matthew foi residente por 14 anos. Muita coisa aconteceu neste meio tempo, e hoje seus sets apresentam uma fusão entre tech house, downtempo, ambient e breaks, resultado de uma vasta bagagem adquirida com diversas gigs ao redor do mundo e pesquisas musicais intermináveis realizadas por mais de 30 anos. 

Ainda entre os destaques da noite está Gui Boratto, sem dúvida nenhuma o artista brasileiro de maior projeção internacional. Natural de São Paulo, Gui conquistou o coração do clã da Kompakt – selo alemão autoridade máxima quando o assunto é minimal techno, e tem sido um dos artistas de maior destaque na gravadora. Desde o lançamento de Chromophobia (2007), seu álbum de estreia no selo de Colônia , Gui Boratto tem sido presença quase que obrigatória nos principais clubs e festivais de toda Europa. Agora Gui Boratto chega para estrear no Ame Club com o álbum Pentagram, seu quinto disco de estúdio. 

Para completar a noite vem a performance ao vivo, recheada de synths e baterias eletrônicas da dupla catarinense Elekfantz, cria de Gui Boratto pelo selo D.O.C, que fundou em 2013. O duo formado por Daniel Kuhnen e Leo Piovezani agradou a crítica internacional desde o lançamento do single “Digging on You”, de 2013, e desde então os dois tem sido presença constante nos principais eventos do Velho Continente. 

Os DJ Junior C, também apadrinhado por Gui Boratto, e Máscaro, ambos residentes do Ame Club completam a programação.

Esta será a quinta abertura do Ame Club, o mais novo empreendimento do Grupo Laroc, aberto em novembro do ano passado. A diferença entre um e outro, além de ter a metade da capacidade do Laroc, é que o Ame Club nasceu com uma proposta mais conceitual, mas que entrega a  mesma experiência oferecida pela primeira casa do grupo, com equipamentos de última geração, como o soundsystem Outline e os monitores L´accoustics, duas referências no mercado audio visual. 

Comments

comments