Open/Close Menu feel the energy
[cn-social-icon selected_icons="1"]

Desde quando o Swedish House Mafia anunciou, em junho de 2012, que a turnê “One Last Tour” era, na verdade, a última turnê da banda, a cena nunca mais foi a mesma. A divisão parecia ser algo totalmente fora da realidade, devido ao estrondoso sucesso do trio que, inclusive, tinha acabado de lançar a memorável track “Don’t Worry Child” na época, e deixou grande parte da indústria e seus apoiadores muito intrigados quanto à decisão. A separação ocorreu, a cena ficou chocada, e cada um seguiu a sua carreira.

Eis que durante os últimos meses, após uma atualização de uma foto no perfil desativado do trio no Facebook, tudo mudou. E as suspeitas de que poderia surgir uma possível reunião começaram a balançar a internet. Apesar de cada integrante negar sobre o fato em entrevistas e em posts nas redes sociais, ainda sim, nós fãs, tínhamos uma ponta de certeza que isso estava prestes a acontecer.

E o que nos fez ter mais certeza disso foi o fato de que após todo line-up divulgado, o glorioso Ultra Music Festival, que completou este ano sua 20ª edição em Miami, deixou a atração que encerraria o mainstage do último dia como surpresa. Enfim, após muitas suspeitas e muitos rumores, tudo o que os apaixonados por música eletrônica mais desejavam aconteceu: o retorno do trio formado por Axwell, Ingrosso e Steve Angello. O mundo literalmente parou para contemplar a magia e a música do trio de suecos que conquistou o coração dos amantes da EDM na noite de 25/03/18.

Por exatamente 1 hora, o Twitter foi dominado por fãs extasiados com o que estavam vendo ali, acarretando logo a primeira posição nos trending topics mundial e um salto para mais de 166 mil pessoas assistindo simultaneamente a transmissão via live stream. A gente espera que quem estava presente no Ultra, esteja bem, pois por aqui ainda estamos impactados!

O set teve tudo que a gente precisava ouvir, indo do progressive, passando no trap ao big room, mas com todos os hinos que sabemos cantar de cor: “Greyhound”, “More Than You Know” vs “Payback” vs “Sweet Disposition”, “In My Mind”, “Barricade”, “Antidote”, “Don’t Worry Child” com intro de “Stairway to Heaven” e, para encerrar, “One” vs “Dream Bigger”! Uma surra de mashups com tracks clássicas que estamos tentando absorver até agora! E, se você por um acaso perdeu essa noite triunfal ou quer reviver cada segundo, confira aqui a gravação da apresentação e comprove o quão épico foi:

Mas, como um trio que produz música eletrônica pode significar tanto para uma legião de pessoas? O que os faz diferentes dos outros artistas da cena? Por que tanta comoção com o fato de que agora estão juntos novamente? Para responder a essas e mais outras questões que permeiam o real sentido do significado do trio à vida dos fãs e a cena eletrônica, leia estes comentários que vimos por aí:

Como pode a música eletrônica mexer tanto com nossos corações, não é mesmo? Agora só nos resta aguardar mais notícias sobre a possível turnê que vem por aí, afinal, para encerrar o set, Axwell lançou uma grande notícia no microfone: “We’re Swedish House Mafia for life this time!” – “Nós somos a Swedish House Mafia, para sempre desta vez!”

E aí, você está preparado para viver este novo capítulo que o trio SHM está prestes a escrever na cena eletrônica? Nós mal podemos esperar por isso!

Comments

comments