Open/Close Menu feel the energy
[cn-social-icon selected_icons="1"]

Algumas coisas nessa vida não precisam de explicações. A música une tribos, pessoas, empresas e raças. Ela é a base para tudo o que nos motiva, dia após dia.”

Com esse pensamento, as labels 7lifes e Klandestine uniram-se para um evento especial e único, prometendo fechar o ano apenas com good vibez.

Separados em dois stages, o Mainstage e Klandestine, contarão com grandes atrações brasileiras e internacionais, com nomes como Cat Dealers, Popof, Devochka, JØRD, Renato Ratier e muito mais.

Com a confirmação de mais de 3h de set, Cat Dealers vem para mostrar o porque são o duo mais prestigiado no Brasil atualmente, e promete novidades, como a track “My Way” com HIDDN, e sucessos já consagrados como “Your Body”, “Gravity”, entre outras!

Para termos um gostinho a mais do que será a 7Lifes + Klandestine que promete fechar o ano com chave de ouro, conversamos com um dos Sócios e Fundador da 7lifes, Marcos Neves:

Era esperada as proporções que a 7lifes tomou?

Marcos Neves (sócio e fundador da 7Lifes): “Não esperávamos que a festa tomasse tamanha proporção. Ficamos surpresos, empolgados e muito felizes com o carinho do público. Nós, eu e meus outros sócios, trabalhamos dia e noite para fazer tudo acontecer da melhor maneira possível, pois acreditamos que a 7Lifes não é somente uma festa, mas sim uma experiência maravilhosa para cada um que sai de suas casas com o intuito de se divertir, viver e prestigiar esse evento que nós dedicamos dia e noite para torná-lo realidade. Hoje contamos com uma equipe bem legal trabalhando em diferentes áreas – coisa que não tínhamos tempos atrás -, é realmente incrível pensar no que nos tornamos.”

Qual o sentimento em ver o projeto hoje e o amor do público com o mesmo?  

Marcos Neves: “Ah, um sentimento de sonho realizado, dever cumprido. Hoje sinto que estou no caminho certo – fazer uma festa que, de fato, tem a cara do público, pois eles estão bem próximos de nós, prezamos muito por isso. Toda nossa comunicação de mídia social é voltada para a proximidade, acolhimento e entendimento do público. Somos um só! Eles estão na pista? Nós também estamos. Sem eles, nada disso existiria, certo? E é muito legal ver que esse carinho é retribuído, porque quando pensamos e lançamos um projeto, nosso primeiro pensamento é “O que vamos dar de experiência para quem vai à festa 7Lifes?”.”

Qual o motivo da união com a Klandestine para essa edição?

Marcos Neves: “A junção da 7Lifes com a Klandestine nada mais é do que proporcionar uma experiência diferente para aqueles que amam música eletrônica. Atualmente é difícil encontrar muitas opções em São Paulo de festas e festivais que mesclam estilo mainstream e tech house/techno/dance. Então, por que não juntar 2 labels, cada uma com sua vertente predominante, e fazer disso um grande evento para o público?

Além de que, hoje em dia, o público realmente está mais maleável. Existem pessoas que só curtem mainstream e outras que só gostam e ouvem tech house, mas existe sim também aqueles que gostam dos dois. E é esses 3 públicos que queremos atingir. Agradar a todo mundo é difícil, mas podemos tentar chegar perto. O line up, por exemplo, foi escolhido com muito cuidado e cautela, queríamos artistas bons e de alto nível para compor o time, e que viesse a satisfazer a grande maioria.”

O que esperar da última edição do ano?

Marcos Neves: “Nosso maior desejo de realização nessa edição de dezembro é superar as expectativas do público. Queremos entregar algo especial e fazer as pessoas falarem “Fechamos o ano com chave de ouro”. Hahahahaha

E, é claro, marcar na memória de cada um, fazê-los lembrar sempre o que é a 7Lifes, afinal teremos novidades em 2019!”

Esse evento que promete muitas vibez está prestes a acontecer, e se você ainda não garantiu o seu ingresso, corra e garanta seu aqui, e para mais detalhes sobre o evento, clique aqui.

Comments

comments