Que o Brasil é berço dos melhores clubs do mundo, isso não é novidade pra ninguém. Situados em peso no Sudeste e Sul do país, cada uma dessas casas conta com uma personalidade única, públicos variados, estilos diferentes, mas uma paixão em comum: a música eletrônica. Conheça algumas delas:

Green Valley – Camboriú, Santa Catarina

SITE | INSTAGRAM | FACEBOOK

Atual dono do título de melhor club do mundo pela revista britânica DJ Mag, o Green Valley é motivo de orgulho para o nosso país. E não é para menos: em 11 anos de existência, o espaço já ganhou esse prêmio por três vezes.

Localizado em uma das regiões mais belas do Sul do Brasil, o club é repleto de muito verde, o que faz com que seus eventos sejam considerados uma verdadeira imersão na experiência com a música eletrônica.

Gêneros mais populares no club:  Big Room, Deep House, Electro House, House, Progressive House, Tech House, Techno.

Capacidade: 12.000 pessoas

Warung Beach Club – Itajaí, SC

SITE | INSTAGRAM | FACEBOOK

Outro queridinho da DJ Mag é o Warung Beach Club, também em Santa Catarina. E não é à toa: o espaço configura no top 20 melhores clubs do mundo, segundo a revista.

Inaugurado em 2002, o local conta com uma vista deslumbrante para o mar, na paradisíaca Praia Brava de Itajaí.

Gêneros mais populares no club: Progressive, Progressive House, House, Tech House, Deep House, Techno.

Capacidade 2.500 pessoas

Laroc Club – Valinhos, SP

SITE | INSTAGRAM | FACEBOOK

Também presente no Top 100 da DJ Mag, o Laroc é considerado o primeiro club sunset do Brasil. Com apenas 3 anos de casa, o espaço já virou referência na cena eletrônica nacional e internacional.

Gêneros mais populares no club: Progressive House, House, Big Room, Trance, Electro House e Brazilian Bass

Capacidade: 6.000 pessoas

Caos Campinas – Campinas, SP

INSTAGRAM | FACEBOOK

Em 2017, Campinas ganhou um mega presente para quem curte a cena underground: o club Caos. Com apenas 1 aninho de estreia, o club já trouxe grandes nomes para os seus palcos, como: Carl Craig e o napolitano Marco Carola.

O Caos conta com um espaço em estilo industrial, aconchegante e super moderno, perfeito para quem curte uma noite repleta de estilo e muita música.

Gêneros mais populares no club: Techno, Tech House, House.

D.Edge – São Paulo, SP

SITE | INSTAGRAM | FACEBOOK

Este é um club para quem faz questão da sofisticação. Situado na Barra Funda, em São Paulo, o espaço se destaca pela sua arquitetura arrojada e moderna.

A casa conta com diversas premiações da revista inglesa DJ Mag, possui capacidade para 1.000 pessoas e com 15 anos de história, é considerada um dos abrigos do underground em Sampa.

Gêneros mais populares no club: Minimal, Techno, Tech House.

Privilege – Armação dos Búzios, RJ

SITE | INSTAGRAM | FACEBOOK

Localizada na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, a “Privi” (para os mais íntimos) é, sem dúvidas, o club mais agitado do estado. Palco de grandes nomes ao longo de todo o ano, o badaladíssimo club simplesmente não para. Conta com agenda cheia e repleta de novidades durante todos os meses do ano.

Inaugurado em 2003, já recebeu: Steve Angello, Phonique, Carl Cox, Vintage Culture e muitos outras figuras de peso.

Gêneros mais populares no club: House, Deep House, Tech House, Techno.

Thale Beach – Reprodução

Thale Beach – Guarapari, ES

INSTAGRAM | FACEBOOK

Quem acha que o Espírito Santo fica devendo quando o assunto é club de música eletrônica está muito enganado. O beach club Thale Beach abriga durante todo o ano, as melhores day parties do sudeste.

Aberto de 12h às 22h, o espaço é palco queridinho de artistas como Alok, Bhaskar, Shapeless e Jord.

Gêneros mais populares no club: House, Deep House, Tech House, Techno.

Matahari Super Club – Indaial, SC

SITE | INSTAGRAM | FACEBOOK

O atual 54º Melhor Club do Mundo pela DJ MAG fica bem no interior do Vale do Itajaí, em meio a mata atlântica, proporcionando uma incrível sensação de liberdade, motivada por uma paisagem paradisíaca.

Com atrações até o amanhecer, fica fácil fazer muitas vibez nesse club que já contou com lines com Vintage Culture, Gustavo Mota, Illusionize, Chemical Surf e Dubdogz.

Gêneros mais populares no club: House, Deep House, Tech House, Techno.

Danghai Club – Curitiba, PR

INSTAGRAM | FACEBOOK

Com capacidade para 826 pessoas, o intimista Danghai Club atua desde 2009 na cena eletrônica curitibana. Já passaram por lá: Oliver Huntemann, Robert Babicz, Stephen Bodzin e Marc Houle.

Gêneros mais populares no club: Progressive, Progressive House, Techno, Tech House.

Club Vibe – Curitiba, PR

INSTAGRAM | FACEBOOK

O Club Vibe foi inaugurado em 2001 e reinaugurado em 2010. Ele é considerado um dos principais fomentadores da cena eletrônica na cidade e no país, principalmente quando o assunto é a cena underground.

Gêneros mais populares no club: Minimal, Techno, Tech House.

El Fortin – Porto Belo, SC

SITE | INSTAGRAM | FACEBOOK

O terceiro melhor club do Brasil, segundo a DJ Mag, fica na paradisíaca Porto Belo, cidade catarinense. Com 12 anos de muitas vibez, o espaço costuma explorar tanto o low bpm quanto o high bpm, atingindo diversos públicos.

Já passaram por lá: Amine Edge & DANCE, Boris Brejcha, Stephan Bodzin e muitos outros nomes da cena nacional e internacional.

Gêneros mais populares no club: House, Deep House, Tech House, Techno, Prog, Trance.

Capacidade: 6.000 pessoas

P12 – Florianópolis, SC

SITE | INSTAGRAM | FACEBOOK

Se você é amante das vibez, com certeza já ouviu falar em “Jurerê Internacional”. E o Parador 12 é, sem dúvidas, um dos maiores representantes desse verdadeiro paraíso da curtição.

O espaço é o abrigo de pool parties para ninguém colocar defeito. O club conta com camas confortáveis, bangalôs, espaço lounge, camarotes com jacuzzis, deck de frente para a praia, restaurante, bares, além de dois palcos para receber shows nacionais e internacionais.

Gêneros mais populares no club: House, Deep House, Tech House, Techno.

E aí, já passou por algum desses clubes? Conte sua experiência pra gente!

Comments

comments