#WikiVibez: David Guetta, a vanguarda da música eletrônica que reina até hoje

Written by on 17 de junho de 2019

Essa #WikiVibez é dedicada ao ícone da cena que, com certeza, foi responsável por trazer muita gente para o lado das vibez e animar até mesmo os menos aficionados pela música eletrônica.

No auge de seus 51 anos, Pierre David Guetta, ou simplesmente David Guetta, como conhecemos, continua fazendo muito sucesso e é considerado um dos DJs mais famosos do mundo! Nascido em Paris, na França, com apenas 17 anos já estava mergulhado no mundo na música pelo qual sempre foi apaixonado, fazendo algumas mixagens e trabalhos em pequenas boates na capital francesa.

Apenas em 1987, Guetta conheceu a house music através de uma track do DJ Farley Keith tocada numa rádio e viu ali um enorme interesse pelo gênero. A partir disso, seus gostos e atividades musicais foram lapidados até que, em 1990, ele lançou sua primeira track, a “Nation Rap” junto com o rapper Sidney Duteil e, quatro anos depois, em 1994, seu segundo single, batizado como “Up & Away”, com o vocal de Robert Owens. Nesse mesmo ano, Guetta assumiu a gerência de uma casa noturna onde começou a organizar festas e eventos que ajudaram bastante na criação e fortalecimento de uma imagem que o representasse como DJ e produtor.

Apesar desses lançamentos, foi só no ano de 2001 que Guetta ficou mundialmente conhecido por conta do sucesso estrondoso da track “Just a Little More Love” lançada naquele ano. O álbum intitulado com o mesmo nome, lançado em 2002, vendeu cerca de 300.000 cópias. Incrível, né? E não para por aí! Ainda em 2002, o francês lançou mais um single: “Love Don’t Let Me Go” que conta atualmente com mais de 5 milhões de visualizações no youtube.

Em 2004, fomos brindados com o seu segundo álbum nomeado como “Guetta Blaster” no qual estava presente a famosa “The World is Mine”. Em 2007, veio ao público o terceiro álbum do astro, o “Pop Life”, e junto com ele veio um ícone de música que até hoje faz as vibez de muita gente por aí, a “Love is Gone” que rendeu um sucesso absurdo ao DJ na época de seu lançamento, chegando o número um nas paradas da Billboard Hot 100, se tornando, com certeza, um grande marco de sua carreira.

Em 2009, Guetta produziu a nostálgica “I Gotta Felling”, do Black Eyed Peas, que se tornou a música mais baixada na história dos EUA e, neste mesmo ano, lançou mais um álbum, o “One Love”, que teve participações de artistas como Akon, dono dos vocais do single “Sexy Bitch”, e Kelly Rowland que deu voz à músicaWhen Love Takes Over”, responsável por render um Grammy para o DJ e produtor no ano de 2010.

Já em 2011, o artista foi premiado com um outro Grammy, fruto do remix de “Revolver” em parceria com a cantora pop Madonna. Ainda esse ano, Guetta fez o lançamento de seu quinto álbum, nomeado como “Nothing But The Beat”, que reuniu nada mais, nada menos que as tracks “Where Them Girls At”, em parceria com a cantora Nick Minaj e o rapper Flo Rida, “Play Hard”, com Akon, “Night of Your Life”, com Jennifer Hudson, “Lunar”, junto com Afrojack e a icônica, inesquecível e brilhante “Titanium”, com Sia, que atualmente acumula mais de 1 bilhão de visualizações no youtube. Entre 2011 e 2012, o artista fez parcerias valiosas com artistas pop como Ludacris, Taio Cruz, Chris Brown, Lil Wayne e Jessie J.

Em 2014, o álbum “Listen” foi lançado, o qual deu vida às track “Lovers on the Sun” e “Dangerous” e esse foi o ano em que o DJ finalizou sua apresentação na Tomorrowland Bélgica anunciando a primeira edição do evento no Brasil, no ano seguinte, o que fez a alegria dos viberz brasileiros. E em 2015, ele foi convidado pela UEFA para ser o embaixador da música oficial, “This One For Your”, com vocais de Zara Larsson, para a Euro 2016 e lançou músicas como “Hey Mama” e “Sun Goes Down

Afrojack, Bebe Rexha, Brooks, Dimitri Vegas & Like Mike, Justin Bieber, J. Balvin, Robin Schulz, Showtek, Martin Garrix e W&W são exemplos de grandes nomes com quais Guetta fez importantes collabs entre 2016 e 2018 e que renderam ótimas tracks nesse período, como “2U”, “Like I Do”, “So Far Away”, “Another Life”, “Shed a Light”, “Complicated” e “Say My Name”, além do lançamento de seu sétimo álbum, denominado como “7”.

Nesse ano, 2019, o DJ já apresentou ao público o single Better When You’re Gone”, resultado de uma nova collab com Brooks juntamente com a dupla Loote e a dançante “Stay” com a cantora Raye.

E outro fato que vale destacar na carreira desse ícone, é o seu retorno à House Music com o seu projeto paralelo Jack Back, que surgiu de forma misteriosa em 2018 com tracks super dançantes e cheias de elementos da Disco Music, como “Overtone“, “Survivor”, “It Happens (Sometimes)” e “Put Your Phones Down”. Com esse projeto, Guetta voltou às suas origens e desde então vem realizando apresentações surpresas

Ao longo da carreira, David coleciona passagens memoráveis por todos os cantos do mundo, além de apresentações incríveis em festivais super renomados na cena, como, por exemplo, Creamfields, Eletric Daisy Carnival, Medusa, Tomorrowland e Ultra Music Festival e tem, atualmente, mais de 36 milhões de ouvintes mensais no spotify. É muita vibez pra uma pessoa só, não acha?

David Guetta Facts:

– Guetta é considerado um dos DJs mais famosos e mais bem pagos do mundo;

– Em 2005, ele participou de um comercial publicitário da L’Oréal e o vídeo ainda está disponível no youtube aqui;

– Ao todo, Guetta possui sete álbuns e mais de 15 dos mais diversos prêmios;

– O artista dividiu o palco principal do Tomorrowland Bélgica com Dimitri Vegas & Like Mike e Martin Garrix;

– Foi durante a edição de 2014 do Tomorrowland que David Guetta anunciou, ao vivo com direito a transmissão para o mundo todo, que o Brasil receberia a primeira edição do festival na América do Sul.

– Guetta já passou por solo brasileiro pelo menos 6 vezes, se apresentando em festivais, como Tomorrowland e Ultra BR, e turnês internacionais promovendo álbuns;

Tagged as

Current track

Title

Artist