img eletro vibez djs lendas techno carl cox
img eletro vibez djs lendas techno carl cox

4 lendas do Techno para você conhecer mais!

Última atualização:

Se você ainda não conheçe esses nomes, eis aqui a oportunidade para saber mais sobre essas lendas vivas do Techno!

CARL COX

FACEBOOK | INSTAGRAM | BEATPORT

Foi com a idade de 15 anos que o britânico Carl Cox comprou seu primeiro conjunto de toca-discos e começou a sua carreira como DJ. Carl se consagrou como um embaixador musical e um veterano do acid house, techno e dance music, se tornando um dos mais lendários do ramo underground. Em 1999 fundou sua própria gravadora, a Intec Records, que teve seu fechamento em 2006. No início de 2010, Carl relançou o selo como Intec Digital, e segue até os dias de hoje dando suporte a inúmeros artistas de techno.

Se apresentado constantemente em inúmeros clubes e eventos pelo mundo, ele possui seu próprio palco, o ‘Carl Cox & Friends’, que acontece no Resistance, dentro do Ultra Music Festival. Além disso, carrega em sua bagagem o título de “Rei de Ibiza”, tendo realizado uma das residências de maior duração na ilha, de 2001 até 2016, no renomado Space Ibiza.

SVEN VÄTH

FACEBOOK | INSTAGRAM | BEATPORT

Quando o assunto é música eletrônica, poucos DJs tem o carisma e prestígio de Sven Väth. O alemão já conquistou praticamente tudo que poderia, e mais um pouco, durante 3 décadas de estrada. Sven Väth é um DJ e produtor alemão cuja carreira na música eletrônica abrange mais de 30 anos, sendo três vezes vencedor do DJ Awards (2000, 2003, 2009)!

É carinhosamente referido como “Papa Sven” pelos seus fãs. O alemão já conquistou seu nome na história da música eletrônica, sendo um dos maiores instigadores na evolução da techno music.

Após uma viagem à Ibiza, na sua adolescência, onde passou três meses numa paisagem bastante diferente daquela a que estava habituado, vivendo a cena musical nas alturas, confirmou a sua verdadeira vocação: ser DJ. A primeira oportunidade chegou quando a sua mãe o convidou para animar as noites do pub inglês da família, quando Sven tinha 17 anos, em 1981.

RICHIE HAWTIN

FACEBOOK | INSTAGRAM | BEATPORT

Hawtin é também de origem britânica, mas cresceu no Canadá. Ele é a mente de negócios por trás da Plus8 e da gravadora Minus, alimentando uma infinidade de talentos: de Speedy J, no início dos anos 1990, até Gaiser, na década de 2010.

E, claro, ele é o homem que dá vida ao Plastikman, um músico eletrônico por excelência que manteve uma famosa performance underground ao longo de seis álbuns e duas compilações. Ele voltou a tocar ao vivo em 2010, com sua versão chamada “Plastikman 1,5” que inspirou novas estrelas da EDM, como Skrillex, Deadmau5 entre outros.

Não são apenas os jovens talentos emergentes que reconhecem a importância de Hawtin na eletrônica. Daniel Miller, fundador da gravadora Mute, referiu-se ao DJ como “um líder” e “pioneiro”, e o jornal The New York Times o chamou de “uma das forças intelectuais do mundo da música eletrônica”. Não deixe de acompanhá-lo!

LAURENT GARNIER

O francês que acumula mais de 25 anos de carreira e se tornou fonte de inspiração para vários DJs de techno da atualidade, é autor de tracks como:  “Crispy Bacon”, “The Man With The Red Face” e “Coloured City” que marcaram época na música eletrônica.

Sua capacidade de contar histórias através de seus sets, sua coerência e feeling, a mistura de estilos que refletem sua ampla cultura musical, fazem dele um artista único, que desde a década de 80, vem atuando com uma sonoridade única, mais puxada para o underground, mas sem perder o French Touch que resultaram das noites épicas em clubs da frança.

Laurent, além de tocar nos principais festivais mundo afora, atualmente também tem um podcast mensal onde ele sempre toca novidades da cena, além de músicas que o guiam como inspiração! Confira: