Bate-bola com Techin e Cahio: dupla fala sobre seu novo EP, Lola, lançado na última sexta (02)

Última atualização:

Envolto de uma temática retrô, o novo lançamento dos brasileiros Techin e Cahio, carrega referências da assinatura sonora de ambos, apresentando atmosferas dançantes, basslines groovadas e contrastes interessantes entre suas duas faixas. “Lola”, que intitula e abre o EP, é feita para a pista de dança, com envolventes vocais inspirados na Broadway, variações de synths, build ups definidos e um low end pesado.

Já “Red Pill” mergulha em características do Minimal, trazendo elementos robóticos, glitchs e percussões afiadas como lâminas, dando à ela um tom imprevisível. 

O disco, lançado na última sexta-feira (02), recebe assinatura da Clarisse Records, label sueca fundada em 2003 por Mendo. Em seu catálogo, Solardo, Eddy M, Wade, Oxia, Jay Lumen, Audiojack, Hector Couto e DJ Sneak são alguns dos nomes de peso presentes. 

Ouça:

Para saber mais sobre essa collab, conversamos com Techin e Cahio, que contam detalhes a respeito da produção, relação com a label e mais. Confira! 

Olá, pessoal! Antes de mais nada, como é a primeira vez de vocês por aqui, gostaríamos que ambos compartilhassem um pouquinho sobre sua trajetória na dance music até aqui. 

Techin: Salve turma! me chamo Lucas, responsável pelo projeto Techin. Estou inserido profissionalmente na música eletrônica desde 2019, são quase 4 anos me apresentando como Techin. 

Cahio: Sou Cahio, DJ e produtor brasileiro com fortes influências dos anos 80 e 90, meus primeiros trabalhos foram colaborações com Vintage Culture (Self Pleassure/Sensation). Depois disso consegui lançar pela Box Of Cats (Kyle Watson) e SONY. Recentemente tenho recebido suporte de Michael Bibi, Cloonee, Franky Rizardo, entre outros. Minhas últimas apresentações foram no El Fortin/SC e Klandestine. 

Agora já falando dessa collab, como foi que vocês se conheceram e da onde surgiu a ideia de produzirem algo juntos? 

Techin: Eu e o Cahio nos conhecemos pela internet mesmo, eu já tocava algumas músicas dele e começamos a nos falar pelo Instagram. O Cahio foi uma amizade sincera que a música me proporcionou.

E como foi esse processo de produção? Foi feito à distância ou presencial, quanto tempo levou, em que cada um mais se dedicou…

Techin: Então, a “Lola” foi nossa primeira collab das 4 que já temos. Mandei a ideia pro Cahio e ele desenvolveu o som. Meses depois nós fizemos uma nova versão, buscando deixá-la mais “pesada” para as pistas. Já a “Red Pill” foi um dos nossos últimos sons, o Cahio me mandou a ideia da track com o tema, e eu fiquei responsável por finalizar, posso dizer que ela teve um processo de finalização mais rápido, devido a sintonia que desenvolvemos.

A Clarisse Records é uma gravadora que já lançou nomes bastante respeitados no mercado… Como rolou essa conexão com o selo? É a primeira vez de vocês por lá? 

Techin: Já é meu segundo lançamento pela Clarisse, sem dúvidas é um selo muito irado de trabalhar, o Mendo e toda equipe são bem atenciosos, trabalham com uma ótima comunicação conosco. A conexão surgiu da minha admiração pelo Mendo e pela gravadora, sempre mandei demos pra eles, e eles sempre abraçaram meu som.

Pra finalizar, o que é que vocês mais curtiram dessa produção? As portas seguem abertas para novas collabs? Obrigada! 

Techin: Sem dúvidas estar vendo as tracks contagiando pessoas nesse mundo tá sendo muito legal, e esse é nosso objetivo principal com a música, provocar boas emoções nas pessoas. E sim, estamos com mais 2 faixas prontas, e diversas ideias para desenvolver!

Acompanhe Techin e Cahio também pelo Instagram.