Carnage e a mudança musical em Gordo: Conheça o projeto que vem esquentando as pistas pelo mundo

TRACK DA SEMANA:

Tudo começou com o lançamento do single “KTM”. De forma misteriosa, Carnage deu, talvez, o passo mais importante de sua carreira. Voltando à Ultra Records para o lançamento, ele apresentou GORDO, seu novo pseudônimo, seu projeto paralelo de House.

Ao lançar ”KTM”, grandes nomes da cena, incluindo Sebastian Ingrosso, David Guetta, Tiësto, A-Trak e DJ Snake, entre muitos outros, deram suporte ao novo projeto do artista.

Diamanté Anthony Blackmon, a.k.a. Carnage, cresceu na Guatemala, mas voltou aos Estados Unidos com apenas 10 anos de idade, falando muito pouco inglês e morando em um bairro de baixa renda. Contra todas as probabilidades, Diamanté cresceu e se tornou Carnage. 

Carnage, agora também conhecido como Gordo, entrou em cena em 2012, quando fez o upload de sua primeira música, “Teke ​​Teke”, no YouTube. No mesmo ano, Carnage produziu álbuns para o então desconhecido rapper G-Eazy, como “Loaded” e “Down For Me”. Pouco depois, Carnage lançou seu primeiro single na cena eletrônica, “Michael Jordan”, levando seu nome ao estrelato.

Seu projeto GORDO, lançado no início de 2021, mostra um lado mais suave do artista, no qual explora o lado mais dançante da House Music. Já como Carnage, suas tracks de Trap, Dubstep e Big Room o levaram ao topo das paradas e aos principais festivais mainstream do mundo. 

Ouça abaixo uma de suas tracks mais aclamadas e tocadas pelos festivais de 2021, e entenda a pegada do Gordo!