img destaque post entrevista edx
img destaque post entrevista edx

Colecionando sucessos e shows no Brasil, conheça mais sobre o Produtor e DJ EDX em uma entrevista exclusiva!

Famoso pelo programa ‘No Xcuses’ na Sirius XM, o produtor e DJ Maurizio Colella, conhecido mundialmente como EDX, coleciona sucessos ao longo da sua carreira que celebra em 2017, 25 anos de estrada. Durante esse período, consagrou sua presença como headliner em grandes casas de show internacionais em todos os cantos do mundo, se apresentando para milhares de pessoas.

2017 está sendo incrível para EDX e sua legião de fãs, pois somente este ano já presenciamos o lançamento de pelo menos uma faixa nova por mês, como os remixes de: “Finding Out More” da banda HAEVN, e uma parceria com Nora En Pure para o remix da track “Hear Me Now” do Alok. Como produções autorais, lançou também: “Dharma”, “All I Know”, “Feel The Rush”.

E se você acha que parou por aí, está bem enganado. Conheça “Voyage”, seu single lançado para celebrar os 25 anos de carreira e seu mais novo sucesso “Bloom”, lançado pela Spinnin’ Deep no início de Julho, e que já vem recebendo suporte de grandes DJs como Sam Feldt, Don Diablo e Fatboy Slim.

EDX também é grande fã do Brasil e fez sua última passagem pelo país em Maio nas cidades de Maringá e Brasília. E ele promete retorno em breve, como você vai conferir agora mesmo em nossa entrevista com o mestre da House Music:

Atualmente você tem produzido tracks incríveis de deep e tropical house. Você considera que seu estilo musical está em transição?

EDX: Eu não sinto que tenha feito alguma mudança na minha música durante esse último ano, por exemplo. Desde que comecei a criar o meu estilo musical o denominei como ‘House Music’ e, desde então, sigo a mesma linha. Bom, é claro que música sempre será mutável e a nossa jornada como DJ também. Mas eu diria, simplesmente, que voltei para as minhas origens com sons mais melódicos, sexys e com melodias musicais que tocam mais a alma.

Você está constantemente viajando ao redor do mundo para tocar, quando você encontra tempo para buscar inspirações e produzir?

EDX: As viagens e tours em diferentes regiões, realmente me ajudam muito nesse processo de criação musical, é exatamente o ‘estar na estrada’ que me inspira e me motiva para as produções. A minha agenda é bastante apertada, mas, mesmo assim, tento trabalhar as produções em estúdio durante 2 ou 3 períodos no ano. É nesse momento que criamos e produzimos as nossas tracks. Um pouco antes do verão nós finalizamos todos os lançamentos entre setembro e outubro. Agora durante o verão, enquanto estamos em turnê pelo mundo, temos tempo de trabalhar diretamente nas produções do fim do ano e então, em setembro, nós teremos novamente bastante tempo para começar a pensar em 2018, o que já tenho feito atualmente, na verdade.

O seus mais novos lançamentos “Voyage” e “Bloom” são mais instrumentais, com vibes techno house minimal e não percebemos a presença dos vocais melódicos que são sua marca registrada. Você pode nos contar um pouco mais sobre essa mudança? O que inspirou você?

EDX: Eu pessoalmente não consigo perceber nenhuma mudança, mas eu ouvi bastante isso sobre essas duas tracks. Mas particularmente, nelas, ambas têm suas histórias e um significado pra mim, são parte da minha jornada de 2017 que tem me deixado bem animado no momento. Ainda vamos ter mais músicas sendo lançadas, algumas mais instrumentais e outras com mais vocais como, por exemplo, na minha colaboração na música “Don’t Call It Love” que eu produzi junto com o Jonas Blue, para o meu EP de lançamento deste verão chamado “We Can’t Give Up”, previsto para setembro.

Tem mais músicas com vocais marcantes e dance beats como “Feel The Rush” e “High On You” vindo por aí?

EDX: We Can’t Give Up” com certeza vai agradar a todos os meus fãs!

Com cerca de 7 músicas lançadas só nesse ano, ainda tem espaço para mais lançamento?

EDX: Sim, e acho que perdi as contas.

Vamos falar um pouco sobre a turnê “No Xcuses” e sobre o que os fãs podem esperar dos shows no segundo semestre de 2017. Algum plano para trazer a Nora En Pure e Croatia Squad para o Brasil?

EDX: Sim. Nós finalmente iremos juntos ao Brasil para dois shows exclusivos da turnê No Xcuses, ambos em outubro. É muito bom podermos passar um tempo juntos durante as turnês e compartilhar a nossa música e amor aos fãs. Estou muito feliz de fazer parte dessa aventura!

Por acaso tem algum DJ brasileiro que vocês gostaria de recomendar aos nossos leitores?

EDX: Sim. Tem vários DJs que são diferentes e contribuem muito para a nova geração do Brasil. Sugiro ficar de olho no Vinne, Heiken, Chemical Surf e no Raul Mendes. O Brasil vive um momento bom e vêm produzindo músicas com muita diversidade, desde os ‘beats’ aos festivais em si.

E finalmente, com seus muitos anos de experiência na indústria da música, que dica você daria para os seus fãs brasileiros que estão começando agora a produzir?

EDX: Eu diria que não é fácil se manter no auge e é muito importante ter referências diversas e ser único na música que você produz. Vários jovens talentosos tentam ser como Hardwell, Alok ou EDX, outros como Avicii, mas copiar alguém não vai lhe trazer o sucesso que você merece. Seja você mesmo, e sempre siga o seu sonho. Sonhe grande e tenha certeza de que está trabalhando duro nisso.

Fiquem aqui com o vídeo da deliciosa track ‘Bloom’ 🙂

Com sua estrela brilhando, e muito, a trajetória de sucessos de EDX está passando por um momento maravilhoso e temos a certeza que suas novas produções e remixes virão para completar sua lista de sucessos com sua turnê “No Xcuses”. Não é de se admirar que a bíblia da música eletrônica, Mixmag, já tenha o declarado como GÊNIO! Chega logo outubro, já estamos ansiosos para receber o EDX e sua trupe para memoráveis apresentações aqui no Brasil!

Meu Carrinho Close (×)

Seu carrinho está vazio
Procurar na Loja