entrevista dj brn vibez
Na foto: BRN via divulgação

Conheça o projeto BRN e saiba mais sobre ‘Bad Boy’, track que vem dominando o cenário nacional!

Última atualização:

E vem da mente inquieta e criativa de Bruno a.k.a BRN, de 22 anos, lá de Florianópolis, terra em que mar e progresso dividem a vida, a ideia que deu origem a esse verdadeiro fenômeno da cena eletrônica do país. 

Criado sob as influências do que se produzia e tocava nos anos de 2008 e 2009, ele se afeiçoou pela produção musical nos idos de 2016 até que, em 2018, começasse a promover seu talento pelas pistas. 

Em um bate papo exclusivo com a Eletro Vibez, BRN comentou sobre de onde vem e por quem é composta sua linha de referência na música. 

Do Tech house com elementos de Bass House. Pego muitas referências de fora, como Matroda e James Hype, pelo fato de querer ter um estilo muito único, porém também utilizo elementos da cena nacional na produção, como um bass bem cheio, marcado e presente”.

Acostumado ao ambiente das festas e da música, Bruno se lembrou de seu crescimento e dos primeiros contatos que serviram de inspiração para que desse o pontapé do que viria a ser sua carreira. 

Sempre fui muito em festas, desde os meus 16 anos, e nessa época conheci os DJs que curtia, como Gustavo Mota, Groove Delight, Gabriel Boni e Vintage Culture. Eles, com certeza, me inspiraram a começar o meu próprio projeto”.

Autor de um fenômeno em ascensão, Bruno contou sobre como aconteceu o processo criativo. 

Quis muito fazer uma track que passasse algum tipo de sentimento, porém queria algo pra frente, que causasse euforia. Com muitas inspirações nacionais e internacionais, cheguei ao meu projeto “Bad Boy”, uma track bem pra frente, com lead e vocais bem marcantes, na qual consegui chegar ao projeto que sempre quis”.

Grato pela parceria que o ajudou a lançar ‘Bad Boy’, BRN não hesita em celebrar a relação amistosa e vencedora com a sua gravadora: 

A gravadora foi a “1Fox“, o pessoal de lá me acolheu desde o início, não tem o que reclamar deles, abraçaram meu projeto de uma forma muito satisfatória. Com eles, tenho a liberdade de lançar minhas produções e sets. Sempre com confiança e com amizade”.

Vivendo um momento que ninguém poderia imaginar e obrigado a ficar longe dos eventos, Bruno, ainda assim, tem motivos para comemorar: 

O primeiro grande suporte à track que tive foi de uma das minhas inspirações para o projeto: Gustavo Mota. Ele já a tocou, inclusive. Tive apoio também da Groove Delight, do Liu e Gabriel Boni que também são artistas que admiro demais e agradeço pela ajuda”.

Agora, ele passa a ter o seu apoio, também. Bora conhecer mais sobre o projeto BRN e curtir muitas vibez ao som de ‘Bad Boy’? Clique aqui e aproveite mais do som que está deixando rastro na quarentena nacional.

CONTINUE CONECTADO COM O BRN:

FACEBOOK | INSTAGRAM | SOUNDCLOUD | SPOTIFY | TWITTER