Foto por Sara Montaneli

De Berlin, kubik, instalação de arte que mistura música e evento, retorna ao Brasil

Última atualização:

Com apoio da Heineken, a kubik prepara-se para trazer de volta sua bela estrutura hi-tech para o Brasil, nos dias 11, 12, 14, 18 e 19 de novembro em São Paulo, e em 02, 03, 09 e 10 de dezembro, em Curitiba.

O projeto, criado em Berlim, é singular no cenário dance internacional, pois arrumou uma forma de criar uma verdadeira instalação de arte móvel que já passou por pólos como Barcelona, Paris, Milão e Belo Horizonte. 

Em concentração para a enorme quantidade de eventos, a kubik já anunciou alguns nomes para suas edições de São Paulo, ampliando seu compromisso com a diversidade. São eles: Aline Rocha, Blancah, Castello Branco, DJ $OPHIA, Dre Guazzelli, Nana Kohat, OsGemeos, L_cio, Phillipi, Shimon (Live), Tessuto, Valentina Luz.

Se você estiver a fim de curtir esses rolês, garanta seu ingresso neste link. Mas enquanto novembro e dezembro não chegam, confira alguns aspectos que fazem da kubik uma atividade noturna tão requisitada: 

EXPERIÊNCIA SENSORIAL

A estrutura da kubik compõe mais de 160 grandes cubos de LED, montados como Legos pelo espaço e projetados para reagir à música que estiver sendo tocada, ganhando assim a alçada de evento artístico imersivo. 

VALORIZAÇÃO DA CULTURA ELETRÔNICA LOCAL

Nada de exceder-se em atrações de fora; a kubik orienta sua pesquisa curatorial para núcleos e talentos de cada cidade por onde passa. Em edições passadas no Brasil, foram convidados expoentes de núcleos como 

DIVERSIDADE 

Em busca da batida perfeita para todes, a kubik possui olhar atento para todas as nuances de cada local e tenta dar o maior equilíbrio musical, social e de gênero possível entre os artistas. São Paulo receberá, inclusive, uma inédita edição extra focada em brasilidades. 

ÚLTIMA PASSAGEM PELO BRASIL

O relacionamento íntimo da kubik com o público brasileiro persiste; afinal, será a terceira vez que a marca desembarca por aqui. Não recomendamos, entretanto, deixar para depois, já que a marca, imprevisivelmente nômade, já anunciou que esta será a última passagem por aqui.