sonoora rave festival

Descubra como surgiu o Full On e quais são os principais DJs dessa sub vertente do Trance!

TRACK DA SEMANA:


O Full On é uma das vertentes mais antigas que se tem do Trance Psicodélico, depois do Goa, e teve seu início em Israel por meio do lançamento de um álbum em 1998 pela gravadora Hommega Records, uma das precursoras na cena do Trance psicodélico. Este álbum chamava-se “Full On” e a partir deste lançamento, utilizaram o nome do álbum para denominar este estilo musical.

Caracteriza-se como sendo um estilo extremamente energético e dançante, constituindo em sua estrutura melodias e basslines potentes, capazes de elevar a pista por incansáveis horas. Diferentemente do Progressive, o Full On caracteriza-se também por sua continuidade, ou seja, sem muitos “drops”, pois, assim como o Goa, ele manteve a ideia de elevar e trabalhar a mente da pista ao estado de transe por meio de incontáveis batidas.

Os maiores nomes do Trance psicodélico originaram-se deste estilo, tais como: Astrix, Infected Mushroom, Vibe Tribe, Wrecked Machines, GMS, Growling Machines, Tristan, Avalon, Whiptongue, Ajja, Burn in Noise. Desses artistas encontramos mais variações desta sub vertente, sendo elas: Morning, Groove e Night (assunto que trataremos em matérias futuras).

Para aqueles que têm interesse em conhecer como era o Full On de anos atrás, deixamos aqui para vocês o álbum que marcou o início deste estilo maravilhoso que nos encantou e continua a deixar memórias e sentimentos inesquecíveis em nossos corações:

  1. Xerox & Freeman- Getafreek
  2. Sandman- End of the World
  3. Cyble- Well Done
  4. Freeman- The Craft
  5. Maskalin (feat. I.B.)- Alien Funk
  6. Freekim- Mid Desert
  7. Xerox & Freeman- Fata Morgana
  8. P. Cok- Defish

Por Thony Thuner