bruno antdot e joy corporatin
Na foto: Bruno Antdot e Joy Corporation por edição Eletro Vibez

Joy Corporation e Antdot falam com exclusividade sobre a ‘Dawn’, lançada pela Braslive

Última atualização:

Um amigo em comum uniu dois talentos que ainda não se conheciam e o resultado dessa parceria você descobre hoje, nesse bate-papo com Joy Corporation e Antdot.  

Foi o Pedro, da Braslive, que me apresentou o som do Bruno (Antdot). Achei, então, que combinava perfeitamente com a energia que eu queria transmitir e com os sons que tenho escutado ultimamente. Foi aí que enviei o projeto para ele e começamos a trabalhar juntos no arranjo da música”. Comenta Joy Corporation.

Tá afim de conhecer ‘Dawn’? Embarque nessa entrevista especial, mas antes, dê o play:

Aconteceu através de uma ideia que o Joy tinha e me mandou. No mesmo dia, já comecei a mexer e trazer o som um pouco para o lado “progressivo”, que é uma característica forte nas minhas músicas. Por isso, procurei me inspirar na vibe que o Joy mandou e pus em prática as referências de músicas que tenho ouvido. Procurei ao máximo passar energias boas nesse trabalho e isso, com certeza, a fez tão especial”. Lembrou Antdot sobre a produção da música.

Nas letras, os DJs costumam sempre colocar suas vivências para ressignificar o que é dito. Sobre isso, Joy comenta: 

Sempre gostei de letras curtas e subjetivas, que permitem e deixam o ouvinte à vontade para interpretar a música de forma bem pessoal, de acordo com suas próprias experiências de tal forma que a música também se torna dele, de alguma maneira, sabe? A ‘Dawn’ tem isso!

Ela pode tanto retratar um “simples” nascer do sol em um momento mágico de uma festa, na qual as pessoas estão dançando em êxtase e não querem ir embora. E também pode representar um renascimento ou superação de algo que a pessoa esteja vivendo, as cores no horizonte simbolizando uma nova fase, e por aí vai.  Com o momento que estamos vivendo no mundo, me sinto ainda mais conectado e feliz com o fato desse lançamento estar acontecendo agora”.

E nem toda grande composição acontece do dia pra noite. Elas acontecem no momento certo, com a vibe certa. Joy confessa que ‘Dawn’ surgiu há algum tempo:

Escrevi essa letra e melodia quatro anos atrás, mas o projeto ficou guardado na gaveta. Durante todo esse tempo, sempre achei que, mesmo se tratando de apenas um pequeno verso, existia ali uma energia muito especial”.

O processo retomado ganhou as características de Antdot, que explica como foi: 

O Joy mandou a ideia com uma guia de vocal, na hora já comecei a mexer e depois que desenvolvi algo mandei o projeto novamente pra ele. Fomos mexendo ao mesmo tempo e enviando os stems um pro outro até chegar ao resultado final. Gravamos outras partes de vocais e diversos outros synths que a gente acabou não usando, mas que contribuíram pro resultado final que vocês vão ouvir”.

Com o apoio de nomes importantes como Stadium X, Benny Camaro, Cevith, DEADLINE, Shane 54, Astero, Fvr Behind, o som da dupla trouxe sensação de realização para Bruno, o Antdot:

Eu acho que ela passa uma energia muito boa pra quem está ouvindo, algo inspirador, libertador, sabe? Sempre gostei muito dos vocais do Joy e foi bem irado poder fazer esse som junto com ele”.

Joy, por sua vez, explica que a música é um legado artístico que eles deixam pro universo da cena. 

A ‘Dawn’ aconteceu, e quando acontece, você abraça muito mais a música,  fica feliz em compartilhá-la com o universo e deixar como parte do seu legado artístico. A ‘Dawn’ foi unânime, sério mesmo. Bateu pra mim, para Bruno e para todo nosso time envolvido nesse lançamento. Até para os DJ parceiros, amigos e até familiares! Todo mundo curtiu muito o resultado final, literalmente, não teve nenhum comentário negativo até agora. E isso é raro, e nos faz acreditar que fizemos um bom trabalho”.

Alguém duvida que o resultado foi especial? Clique aqui e ouça nas demais plataformas, o som que Joy Corporation e Antdot, unindo forças e inspirações, produziram.