Foto por Fabrizio Pepe

Liu fala sobre CBolão, relação com games e projetos futuros em entrevista exclusiva

DJ e produtor brasileiro abre o jogo após atingir feito histórico durante torneio beneficente de League of Legends na Twitch

Última atualização:

Há cerca de um mês, Liu e o streamer Gustavo “Baiano” proporcionaram um marco na junção entres os mundos dos games e da música eletrônica. O DJ e produtor brasileiro de 24 anos realizou o show de abertura do CBolão 2021, torneio beneficente de League of Legends (LoL) idealizado pelo streamer, e alcançou um pico de cerca de 60 mil espectadores simultâneos, se tornando uma das lives eletro-musicais de maior audiência da história da Twitch. 

Em conversa exclusiva com a Eletro Vibez, Liu falou abertamente sobre a sensação da façanha e revelou que havia pensado em todas as particularidades da apresentação, com intuito de que conseguisse não só unir, como também se comunicar com ambas as comunidades.

Foi insano! A galera do chat estava vibrando e nós também. A live foi um evento incrível e pensado nos mínimos detalhes para a comunidade. Fiz um set que conversava tanto com o público do Gustavo [Baiano] como com o meu público. Foi lindo ver essa união fazendo algo gigante”, afirmou Liu. 

Em primeira mão, Liu contou como ocorreu a relação entre ele e os games, e também elogiou a união dos jogos com a cena eletro-musical. 

Tenho muitos amigos próximos que são do meio dos games. Por coincidência, eu curto games e eles curtem música eletrônica, e vão a festivais que toco. Tivemos a surpresa de descobrir que o público dos games também ama música eletrônica e vice-versa. Conheci o Baiano em uma festa que toquei em São Paulo, e viramos bons amigos.

Também via que vários streamers tocavam minhas músicas e sets nas lives, e assim acabei conhecendo a maioria dos streamers do cenário. Tive contato com a galera do Counter-Strike (CS) através da tribo e do Gaules, streamer que admiro e tem uma história muito inspiradora. A comunidade de games no Brasil é incrível, assim como a de eletrônica, e ver essa união me deixa muito feliz”, disse o DJ e produtor. 

Sem dar detalhes específicos, Liu deixou claro que não vai parar por aqui e está preparando novos planos relacionados aos games. Tanto é verdade que ele chegou a exteriorizar o recebimento de propostas para realizar performances em outros eventos voltados à cultura dos jogos eletrônicos e reiterou a confiança na convergência com a música eletrônica. 

Temos vários projetos em andamento. Além do meu canal na Twitch onde faço streams, estamos planejando fazer lives interativas com a galera dos games onde conseguimos unir estes dois públicos que conversam tão bem. Também estamos recebendo muitos pedidos de apresentações em eventos online de games. Acreditamos que essa união é muito incrível”, finalizou Liu.

Essa não é a primeira vez que Liu se relaciona com os games. O DJ brasileiro já participou de outras edições do CBolão e interagiu com personalidades de renome do respectivo cenário, como Gaules, YoDa e João Victor “Jovirone”. Ele, inclusive, aproveitou o embalo do Campeonato Mundial de League of Legends de 2020 para criar remixes homenageando a comunidade de games.