Marketing para DJs: Virei DJ e agora? - Eletro Vibez

Marketing para DJs: Virei DJ e agora?

Em uma época em que a indústria da música eletrônica está mais saturada do que nunca, repleta de produtores e DJs tentando conquistar o seu espaço na cena, fica aqui a reflexão: como o seu nome pode se destacar dos demais? Além de um produto de qualidade, a sua música, é necessário entender que para se destacar será preciso apostar em algumas estratégias de marketing.

O primeiro passo é que você, DJ, pense no seu sonho de levar música eletrônica a todos os cantos do mundo, como um negócio ativo e comercializável. Mas por quê? Simples: a partir do momento que você passar a ver isso como uma marca, você entenderá que precisa ter muito mais do que uma boa música para conquistar os consumidores.

Você precisará de ter uma marca forte, uma comunicação que passe a mensagem de quem é você e do que você tem a agregar na vida do ouvinte, além de que você também precisará de pensar em como promover não só você, mas também a sua música, para consequentemente viabilizar o seu sonho. E para ajudar você que está iniciando neste universo ou até mesmo ainda não conseguiu alcançar parte dos seus objetivos na cena, responda à seguinte pergunta:

“Se você tivesse apenas 2 minutos para contar a alguém sobre sua identidade e como você é diferente de outros DJs, o que você diria?”

Faça isso diversas vezes até encontrar a melhor resposta, pois este é o primeiro passo para te nortear na hora de construir uma marca consistente e, claro, que te represente. Para te auxiliar ainda mais no processo de criação de uma estratégia eficaz para alavancar a sua marca como DJ, listamos aqui alguns pontos que são de extrema importância para incrementar o seu planejamento:

1 — CRIANDO A SUA MARCA COMO DJ

A música chega até nós muitas vezes antes do nome do artista, mas em certas situações, aquele que aposta em um nome criativo e forte tem a chance de acelerar o processo para se tornar reconhecido.

Vamos a um exemplo: Se imagine navegando pelo SoundCloud e, de repente, você se depara com um nome que te chama a atenção no meio de tantos outros, aí você vai até o perfil ouvir a música do artista em questão e logo em seguida vai procurar descobrir quem é ele, pois curtiu o som que ele produz. Acho que temos aqui um padrão, certo? Ou seja, você foi fisgado por um nome chamativo!

Criar um nome único e interessante não é uma tarefa simples, ela exige trabalho, criatividade e muita pesquisa, e na hora de escolher o seu, você deve observar detalhes como a facilidade de pronunciar e de escrever.

Por isso, pense cuidadosamente sobre o seu nome de DJ. Não é fácil começar do zero, mas aqui separei umas opções para te ajudar na hora de escolher o seu:

Opção 1: use uma variação do seu nome próprio

Com esta opção, você mantém as coisas pessoais, dando apenas um ajuste no seu nome ou sobrenome, como um encurtamento ou mudando alguma letra para deixar ele com uma sonoridade mais exótico e midiática.

Siglas podem ser uma boa saída também, porém, é importante que elas signifiquem alguma coisa para você e que ela não tenha duplos sentidos. Evite também colocar caracteres que não sejam de fácil aplicação na hora dos seus fãs pesquisarem por você.

Opção 2: faça apropriações linguísticas

Quer usar algum termo em inglês, espanhol ou holandês? Então avalie a sonoridade e procure por palavras ou termos com um significado bacana, e que soe bem em nossa língua. Fique atento também ao sentido da palavra e, principalmente, se as pessoas vão entender e conseguir pronunciar.

Opção 3: Deixe o nome se adequar ao estilo

Certos estilos musicais muitas vezes tendem a ter padrões, como por exemplo os nomes de DJs de trance, que apostam na sonoridade de nomes germânicos e escandinavos ou até mesmo em nomes que lembram seres mitológicos.

Opção 4: use seu próprio nome (ou não)

Talvez essa seja a sua primeira escolha, mas tenha em mente que isso pode ser uma grande cilada, se o seu nome for muito comum. Usar um nome real que já soa bem pode ser viável se você se certificar de que ninguém mais o esteja usando. Para fazer isso, basta pesquisar no Google ou nas redes sociais!

Pronto, agora que você já tem um norte para criar ou modificar o seu nome de DJ, e já tem certeza de que ele não está sendo usado, a próxima coisa a fazer é verificar se o nome de domínio do site e redes sociais está disponível, pois ter tudo com a mesma URL será uma parte essencial do marketing da sua marca no futuro.

O melhor lugar para verificar se um nome de domínio já foi obtido é no Godaddy. Visite esse site, digite seu nome de DJ e veja se a versão .com está disponível para compra. Também faça a verificação no Facebook, Instagram, SoundCloud e no Twitter para ver se o nome está disponível para uso.

Se você precisar de mais inspiração, dê uma olhada no Beatport, navegue pelo YouTube ou busque inspiração nos DJs que tocam um estilo similar de música ao seu. O importante é escolher com sabedoria!

2 — COMUNICAÇÃO VISUAL É TUDO

A logo de um DJ é, sem dúvidas, um aspecto que você deve dar muita atenção, pois ele será o principal elemento de identificação da sua marca e que estará estampado em folhetos, cartazes, sites, redes sociais e até mesmo em materiais de merchandising.

Uma logo bem projetada irá te acompanhar durante todo o processo de reconhecimento de marca como um grande artista, e isso é uma parte fundamental na hora de criar seus materiais de marketing, press kit, claro, presença online.

Vale lembrar também que os maiores eventos do mundo apostam sempre na inclusão das logos dos DJs em seus materiais de comunicação e, caso a sua logo tenha uma tipografia legível e um ícone marcante, isso certamente será fator de destaque entre as centenas de logos, como eu mostro no exemplo abaixo:

Aposte também em uma capa especial para cada track que você for lançar, pode ser algo que represente aquilo que você quis expressar na música ou algum padrão de comunicação que tenha a ver com a sua marca e a sua música, como praias e coqueiros, caso você seja um produtor de tropical house, ou imagens abstratas e com tonalidades monocromáticas, caso esteja produzindo um som underground.

3 — RELACIONAMENTO É A ALMA DO NEGÓCIO

Outro ponto indispensável para uma boa estratégia de marketing é apostar na sua imagem! Invista em sessões de fotos em estúdio, contrate fotógrafos para te acompanhar durante as suas apresentações, videomakers para mostrar e aproximar o público ainda mais do seu cotidiano e, claro, mantenha suas redes sociais atualizadas constantemente com momentos relevantes da sua carreira, mostrando o lado profissional intercalando com momentos do seu dia a dia.

Evite se envolver em polêmicas como assuntos políticos e religiosos, afinal, o seu propósito é contribuir com músicas incríveis que consequentemente irão levar mais vibrações positivas à vida de cada leitor. Fuja de confusão! Apoie somente causas do bem!

Lembre-se que nada ajuda mais um artista do que uma base de fãs engajada, que interage com tudo que é compartilhado em suas redes. A mídia social foi feita para socialização, para aproximar as pessoas, e nada melhor do que você estar presente no dia a dia de quem ama o seu produto, ou seja, a sua música! Mantenha um diálogo com a sua audiência sempre que possível, faça lives, crie grupos em redes sociais, e não esqueça de recompensar essa galera que tanto te apoia e te levanta!

Não sabe como fazer isso? Eu tenho algumas dicas: mostre o preview de suas músicas para aqueles fãs que são formadores de opinião, escolha os que mais comentam para curtir um show lá de cima do palco, leve aquele fã que te segue em todos os shows para dar um rolê ou até mesmo presenteie os mais assíduos com mimos da sua marca.

Nos dias atuais, a qualidade da sua música é claramente algo mega importante, mas antes que alguém dê uma chance à música, eles querem ver uma marca clara, concisa e fortemente engajada.

Agora que você já entendeu 3 dos pilares fundamentais para transformar a sua marca em um negócio, trace um planejamento e metas para colocar tudo isso em prática. O caminho para o sucesso é longo, mas com os profissionais certos, é possível acelerar esse processo. Tenha isso em mente!

CEO | Marketing
Faça parte do Vibez Club!
Você é apaixonado por música eletrônica? Então cadastre-se e faça parte do nosso club exclusivo de vantagens, e tenha a chance de ganhar nossos produtos, lançamentos exclusivos, ingressos e mais!