Off the stage: Quem é Cassian e por que ele é uma das promessas de Rufus du Sol?

Written by on 1 de outubro de 2019

Como começar a falar de alguém que através de suas produções musicais nos deixa sem palavras? Se você é uma daquelas pessoas antenadas, provavelmente já ouviu falar de Cassian, mas se ainda não o conhece, se liga:

Engenheiro de mixagem e produtor musical, Cassian é um DJ brilhante, talentoso e versátil que surgiu da cena eletrônica de Sydney, Austrália. Atualmente morando em Los Angeles, ele já pode colocar no currículo passagem por grandes festivais renomados, como Coachella e Lollapalooza Chicago, foi o primeiro artista a ingressar na (R.AVE) a gravadora Rose Avenue Records do trio Rufus du Sol, e não é à toa que teve mais de 7 milhões de plays só no spotify na sua track mais famosa  “Know U Well” .

Dono desse talento único, não demoraria muito pra começar a receber a famosa frase “please come to brazil” em suas redes sociais, dos calorosos brasileiros pedindo por esse som diferente e envolvente que esse australiano tem em suas músicas, e aproveitando, tive a oportunidade de conversar com ele e fazer algumas perguntas que você pode acompanhar aqui:

Qual foi seu primeiro contato com a música e como você a tornou uma profissão? Sabemos que você tinha uma banda de rock na escola e também estudava jazz… Nos conte um pouco mais sobre sua história com a música.

Cassian: Sim, eu sempre participei de bandas. A primeira banda “profissional” em que eu participei foi quando eu tinha 16 anos, mas a gente não ganhava dinheiro com isso e nem chegamos a lançar músicas, mas fizemos shows em Sydney… Isso foi a minha introdução na indústria da música. 

Algumas das pessoas que conheci naquele período foram incríveis, inclusive trabalho com elas até hoje! Eu fiz também um curso de Jazz no Conservatório de Música de Sydney, durante meu último ano do ensino médio, mas não fui muito mais longe com minha educação musical.

Você consegue definir o seu estilo musical? Aproveite e conte pra gente também como funciona o processos criativo das suas músicas!

Cassian: É difícil descrever! Eu sei exatamente o som que estou tentando criar, mas realmente não sei como rotulá-lo. Eu sempre começo tudo com a melodia. Os acordes e a progressão musical de uma música são sempre o ponto principal para mim.

O que você está preparando no estúdio nos próximos meses? Algo especial para seus fãs, alguma collab? Eu preciso dizer que amo “Same Things” com a Gabrielle Current!

Cassian: Obrigado! Eu tenho estado muito ocupado. No mês passado, lancei um remix para o The Aston Shuffle, fiz um remix para Bob Moses e outro remix para o Rufus du Sol, que fiz em colaboração com o Durante.

Eu também acabei de lançar meu último single Magical, que conta com Zolly, também conhecido como Phil, da banda australiana Crooked Colors. Eu também terminei outro remix para um dos meus amigos de longa data que será lançado em breve…

A música carrega muita energia e vai além dos clubs e festivais, que tipo de sensações você busca levar pros ouvintes através da música?  

Cassian: Cada track leva muito sentimento, eu não sei como descrever… mas é diferente. Em todas as músicas tem sentimento… e quando começo a sentir, me concentro nele e busco trazer pra música de forma acentuada.

Você faz parte da gravadora R.ave (Rose Avenue) do Rufus du Sol, conte pra gente como é trabalhar com essas mentes criativas e ser uma das promessas deles?

Cassian: Eu tive sorte de trabalhar com eles por um longo tempo – eu fiz um remix para eles em 2012 e, no mesmo ano, eu os ajudei a terminar uma das faixas do seu primeiro álbum e, desde então, trabalho com eles. Quando eles começaram a gravadora, isso levou tudo para outro nível. Eles estão sempre me inspirando e me encorajando para ser um artista melhor.

Voltando a falar sobre colaborações, com o Rufus du Sol você remixou “Treat you better” e foi tão bom que eles acabam tocando sua versão às vezes. Do seu ponto de vista, qual é o segredo para fazer um remix tão bom, mas respeitando a versão original de uma produção de sucesso?

Cassian: Como eu venho de um cenário musical mais tradicional, sempre abordo tudo que tem na música. Quando a música original é tão forte quanto essa “Treat You Better”, eu sempre pretendo mantê-la intacta. Passei muito tempo com isso, apenas descobrindo como pegar o vocal e envolvê-lo com novos acordes que dariam uma sensação diferente do original.

O seu som vem crescendo em nosso país, e nós gostaríamos de saber se existe a possibilidade de você vir tocar aqui. Podemos esperar sua visita ao Brasil?

Cassian: Eu só estive no Brasil uma vez, talvez 4-5 anos atrás e adorei. Mal posso esperar para voltar. Se você está lendo isso e organiza festas no Brasil, por favor, me chama! Vou direto pro aeroporto (risos).

E aí, agora que já conhece mais sobre o Cassian, dê o play e sinta as vibez de suas tracks:

Tagged as

Current track

Title

Artist

Background