summer eletrohits djs dos anos 2000

Por onde andam os DJs que bombaram nos anos 2000?

TRACK DA SEMANA:


Para muitos, a porta de entrada na música eletrônica pode ser considerada o Summer Eletrohits e suas edições anuais que traziam para milhares de brasileiros, a cada verão, uma compilação de grandes hits que bombavam no verão europeu!

Naquela época, bem diferente de agora, as músicas que mais faziam sucesso eram as que tocavam nas rádios, novelas ou MTV. E com a internet ainda chegando timidamente, a primeira referência de música eletrônica eram dos artistas que figuravam os CDs do Summer Eletrohits que, consequentemente, ganharam força em meados dos anos 2000 e que nos dias de hoje pouco se ouve falar, ou sequer seguem na cena eletrônica.

E é com esse clima de saudosismo, embalados por nossa playlist de vibez nostalgia, que fomos atrás de saber por onde andam alguns DJs que comandaram as principais pistas e toca CDs pelo Brasil afora! Confira:

Edward Maya

O DJ, produtor, compositor e cantor romeno ficou mundialmente conhecido após o sucesso de “Stereo Love” em 2009, que estourou nas festas do mundo inteiro. Consequentemente, em 2011, Maya ganhou seu primeiro Billboard Music Award, sendo “Stereo Love” a primeira música romena a alcançar esse feito na história da premiação.

Atualmente, Edward Maya é artista independente, continua na música, mas com um estilo diferente, ele escolhe lançar apenas músicas que expressam a emoção artística interna de seu coração. Além disso, é diretor e produtor de cinema. Veja como estão as suas músicas agora:

DJ Antoine

Foi em 2006 que DJ Antoine ficou mundialmente conhecido com o single “This Time”, desde então começou a tocar em clubs do mundo inteiro. Em 2011 lançou o hit “Welcome To St. Tropez”, que conquistou as paradas globais, e mais tarde “Ma Chérie”, se tornando o single de maior sucesso na Suíça. Atualmente, além de DJ, Antoine se dedica a outras duas paixões: vinho e champanhe, e até criou uma marca.

Cascada

É um trio de eurodance alemão, formado por Natalie Horler (vocal), DJ Manian e Yann Pfeiffer. Seus grandes sucessos foram “Everytime We Touch”, que liderou as paradas mundiais em 2006, seguido por diversos outros, como “Truly, Madly, Deeply”, “What Hurts The Most” e “Evacuate The Dancefloor”, tornando Cascada um dos grupos mais bem sucedidos de dance e eletrônica do Reino Unido e da Europa, na época. Apesar de não lançarem álbum desde 2013, o grupo continua junto e lançando músicas esporádicas.

Alex Gaudino

Alex Gaudino pode ser considerado um dos veteranos da música eletrônica em geral, começou sua carreira em 1993. Mas foi em 2006 que estourou com o single “Destination Calabria”, que foi sucesso mundial alcançando o topo das paradas europeias. Uma música inovadora da época, com elementos do saxofone. Mais tarde, em 2008, lançou seu primeiro álbum, My Destination, e trabalhou com Hardwell. Seu último álbum foi Doctor Love, lançado em 2013. Mas ele continua a lançar singles e segue atuando como DJ e produtor, tocando pelo mundo afora.

Basshunter

Jonas Erik Altberg, mais conhecido como Basshunter, é DJ, produtor e cantor sueco. Em 2007 estourou nas paradas musicais com seus hits “Now You’re Gone”, “All I Ever Wanted” e “DotA”. Tem um passado conturbado por conta das acusações de assédio, e foi preso em 2010, mas logo foi liberado sob fiança.

Atualmente, ele continua com sua carreira de DJ, lançando músicas e tocando pela Europa. Veja como está seu som atualmente:

Gigi D’Agostino

Conhecido por ter criado seu próprio estilo musical, o Lento Violento. O italiano Gigi D’ Agostino é o responsável por sucessos como “L’Amour Toujours – I’ll Fly With You”, que logo dominou paradas do mundo inteiro em 2000, “Another Way”, “La Passion”, “The Riddle”, e “Bla Bla Bla”.

Hoje em dia, Gigi continua tocando em clubes na Itália. Há quem diga que ele morre de medo de avião, e por isso não viaja para fazer shows. Ele continua lançando músicas em seus dois canais no youtube, um intitulado como ‘Lento Violento‘ e o outro de músicas club mix.

Yves Larock

Foi no verão de 2005 que Yves teve seu primeiro single de sucesso, “Zookey”, que conquistou pistas de danças do Caribe e logo depois foi sucesso nas paradas francesas. Logo, lançou “Rise Up”, que se tornou um grande sucesso global, inclusive nos clubes brasileiros.

Larock não parou desde então, apesar de não estar na mídia, continua produzindo músicas e prometeu que esse ano terá novos sons, vindo de novos horizontes.

R.I.O

O projeto R.I.O  é composto pelos DJs alemães, Manian e Yann Peifer. Seu maiores sucessos foram “Turn This Club Around”, com o vocalista U-Jean, e “Shine On”, em meados de 2007. O grupo possui quatro álbuns de estúdio, sendo o último lançado em 2013.

Em 2014 o grupo deu uma pausa na carreira, e voltaram em 2017 com o single “The Sign”, em parceria com Vengaboys, e seguem lançando tracks de música eletrônica:

Lasgo

O grupo belga, formado em 2000, logo de cara já estourou com seu primeiro single, “Something”. A música ganhou o prêmio de melhor single nacional no Belgian TMF Awards, de 2001. Entre idas e vindas de alguns integrantes, eles não lançaram mais nenhum single, desde 2013. A ex vocalista, Evi Goffin,  ainda se apresenta em carreira solo pela Europa, cantando alguns dos sucessos de Lasgo.

Duck Sauce

O projeto Duck Sauce é composto por Armand Van Helden e A-Track. Com criação de músicas disco e house, seu grande sucesso foi o single “Barbra Streisand”, lançado em 2010, em homenagem à cantora e atriz Barbra Streisand. A música ficou popularmente conhecida, conquistando as pistas do mundo inteiro.

Depois de uma pausa de 6 anos, a dupla voltou em 2020, lançando o EP Captain Duck, com faixas que remetem à Era disco dos anos 70. Vale a pena conferir!

E aí, gostou dessa volta ao tempo? Tem algum DJ dessa época que você ainda acompanha? Conta pra gente!