flakke jckb lost woods
Na foto: Flakke e Jckb via edição Eletro Vibez

[PRE-SAVE] Inspirado no mundo dos games, Flakkë e Jackb vem aí com “Lost Woods”

Última atualização:

Notável por seus beats envolventes e seus sucessos pelo Brasil, Flakkë, que vocês já conhecem de outras passagens por esse mesmo espaço, sempre quis fazer desse gosto por games, um som e agora está lançando sua mais nova colaboração com Jackb. Chega mais pra saber sobre esse som inspirado um sucesso dos games!

Encantado com o trabalho de Jackb que trás a temática dos games pra dentro da música, Flakkë contou, com exclusividade, sobre como esse gosto foi capaz de aproximá-los ao ponto de ser possível trabalharem num track, a “Lost Woods”, inspirada no The Legend of Zelda. 

Eu já havia rascunhado a ideia fazia um bom tempo, mas a track estava empacada, pois eu não estava conseguindo dar aquele tempero de cremosidade extra que ela merecia. Eu conhecia já o trabalho do Jackb e sempre achei legal a temática ‘games’ do projeto dele. Um dia tocamos juntos em um evento e ficamos muito amigos, a ponto de ficar pulando na cama elástica, e aí veio um grande insight pra mim: mandar o som pro Jackb para ele dar o toque de mestre nela. E foi assim que nasceu essa belezinha”, conta Flakkë. 

Ficou curioso para entender melhor? Confira a entrevista completa: 

Qual a ideia da sonoridade? Tinha uma vertente definida ou foi se construindo?

Flakkë: A ideia, na real, era fazer uma música usando um dos temas mais famosos da série de jogos ‘The Legend Of Zelda’, e na primeira versão eu tinha feito completamente no estilo ‘Flakkë’ que eu estava produzindo em 2018, mas, pra essa nova versão com o Jackb, a gente usou algumas referências do famigerado ‘desande’ mesclado com nossa identidade. Eu a considero um desande simpático.

Como surgiu a ideia de produzir esse som?

Flakkë: O primeiro ‘rabisco’ foi do Koji Kondo, compositor original do tema (risos). Foi ideia minha fazer uma música utilizando esse tema, mas calhou que ele combinou demais também com a identidade do Jackb e deu pra fazer uma coisa saborosa.

O que esperam de retorno? Que tipo de reação dos ouvintes?

Flakkë: Eu espero ficar milionário com essa música, espero que a Nintendo mande um e-mail pra mim falando que amou a música e que ela vai estar na trilha sonora do próximo Zelda, junto com um depósito bancário gordo e quentinho. Espero dos fãs, que todos adicionem nas suas playlists de passear com o cachorro e de dar beijo de língua no parque, porque, sim, é uma canção que combina muito com parques e natureza. E espero também que os fãs da série Zelda se sintam abraçados por mim e pelo Jackb.

E por que os nossos leitores devem fazer esse pre-save?

Flakkë: O pré-save é superimportante para nós, artistas, porque é uma maneira de mostrarmos para a plataforma digital (Spotify, Deezer, etc.) que tem muita gente interessada em ouvir o som antes mesmo dele ser lançado. Então, as plataformas automaticamente julgam que essa é uma música que gera interesse nas pessoas, então, quando ela sair, as chances de entrar em playlists oficiais das plataformas é muito maior. E isso é maravilhoso para nós, pois assim mais pessoas vão conhecer nossa música, virar fãs e isso vai nos motivar a continuar sempre lançando as mais brabas para o público.

Você não vai deixar essa dupla na mão, né? E, ó, segredo entre a gente aqui, a track ficou espetacular. Vocês não perdem por esperar e, muito menos, em fazer esse pre-save cheio de vibez. Não tem como errar. Segue a dica que é sucesso!