entrevista popof techno dj eletro vibez
Na foto: Popof via facebook

[PREMIERE] Conheça POPOF e seu EP ‘Open Head’, lançado pela Sola Records, gravadora do Solardo

Referência no House e no Techno, um dos artistas mais solicitados para a produção de remixes, o francês Alexandre Paounov, também conhecido como POPOF, nascido, criado e ainda residente em Paris, na França, é alguém que carrega consigo uma legião gigantesca de fãs mundo afora e que soma um dos maiores contingentes de plays e downloads de sua vertente. 

Expoente da cena, ele contou com exclusividade à Eletro Vibez sobre seu mais novo trabalho, o EP ’Open Head’, que você conhecerá em detalhes nesse #PremiereVibez. 

Figura constante nos maiores palcos do mundo, Alexandre contou que a ideia desse trabalho surgiu durante uma edição do Ultra Music Festival, em Miami. 

Eu estava trabalhando em algumas novas faixas no ano passado e foi quando conheci Solardo, no palco da Resistance, no UMF.  Depois desse dia, pensei que seria legal enviar à sua equipe uma demo composta por essas faixas, porque achei que eram originais o suficiente para corresponder ao nível de trabalho que ele tem. Eles gostaram do que ouviram e responderam de forma positiva pra gente seguir adiante.”

Nada que surpreenda na carreira imponente de POPOF. Depois de trabalhar com gigantes como Depeche Mode, Chemical Brother, Moby, Tiga e Martin Solveig, o francês tem conhecimento de sobra para levar grandes parcerias adiante. E tudo aconteceu de forma natural, segundo ele lembrou:

Como sempre acontece comigo, na minha carreira e vida, nada é planejado.  Vou para o meu estúdio quando me parece o momento certo. Tudo realmente depende do meu humor, do clima, do que estou com vontade de fazer e acaba acontecendo da melhor forma”.

Artista global com passagem pelo Brasil, POPOF tem, segundo dados fornecidos pelo Spotify, Argentina, Chile e Brasil como países onde suas músicas são mais consumidas. Ciente de sua fanbase, o DJ e produtor celebra o desenvolvimento das músicas e do EP.

A faixa principal, ‘Open Head’, é muito animada! É realmente criada para a pista, ela tem alguns sintetizadores que fazem barulho numa festa. Os vocais são bem caseiros. Além disso, há uma quebra gigantesca que diminui a velocidade da track antes de decolar novamente e explodir de vez, o que funciona com o público.”

Com duas tracks, a “RTB” e a “Open Head”, que dá nome ao EP, POPOF promete mostrar o que movimentou sua quarentena e toda sua flexibilidade criativa. Empolgado, ele mandou um recado para você que vai conhecer mais sobre o trabalho: 

“Eu me diverti muito fazendo o EP ‘Open Head’ e acho que isso pode ser sentido por vocês que vão ouvir. É no dia 19 de junho e mal posso esperar para que todos ouçam!”

Vai perder essa? É só dar o play aqui e fazer vibez ao som de POPOF.

CONTINUE CONECTADO COM POPOF: FACEBOOK | INSTAGRAM