Ouça o remix oficial do Kiko Franco para Midnight de Alesso e Liam Payne
Na foto: Kiko Franco via divulgação

[PREMIERE] Ouça o remix oficial do Kiko Franco para “Midnight”, de Alesso e Liam Payne

Última atualização:

Com vista privilegiada para o mar do Rio de Janeiro, o carioca mais catarinense do Brasil sempre soube que a praia era seu ambiente natural, mas, ainda menino, ele se mudou da terra do samba para as paisagens deslumbrantes da Ilha da Magia, em Santa Catarina. Lá, descobriu que existia um universo diferente e que tocava seu coração. Da descoberta de uma CDJ para os maiores palcos do mundo, Kiko Franco é o sonho retrato em carreira. 

Aos 14, quando brincava em casa com uma controladora, o futuro DJ e produtor se apaixonou para sempre. Aventurou-se pela juventude ao “brincar de DJ”, mas foi em um desafio maior, quando viveu algum tempo longe de casa, de cara com o mundo explicado em outra língua, que Kiko teve seu encontro decisivo. A oportunidade de aprender discotecagem lhe surgiu em Nova York e mudou completamente o futuro dessa história. 

Carregando a experiência na bagagem de retorno, o carioca logo se colocou à prova. Residente no P12, um dos mais representativos beach clubs do Brasil, ele nunca mais parou. Somou vivências importantes no Brasil, exportou seu talento, deixou rastro e sucesso por quatro continentes e expandiu a sonoridade brasileira para além das fronteiras. Kiko abriu o caminho para ser exemplo. E é. 

Expoente da cena, Kiko Franco que hoje vive em São Paulo, tem um background de experiências que impressiona. Dono de remixes importantíssimos como “In The Morning”, para o ZHU com Cat Dealers, parcerias com nomes do mainstream nacional e nomes frequentes nos rankings mais importantes do mundo como Bhaskar, Chemical Surf, Santti e outros, o DJ chega ao pós quarentena com um projeto que mostra um potencial histórico. Ao lado de Alesso e Liam Payne, Kiko traz um remix oficial para o hit mundial “Midnight”. 

Em entrevista exclusiva à Eletro Vibez, Kiko contou como foi o surgimento deste remix para o sucesso de Alesso e Payne.

No dia 08 de abril, no mesmo dia que a track original foi lançada, recebemos o convite diretamente do Alesso, via WhatsApp. Ficamos extremamente felizes com o convite e imediatamente começamos a construção do remix”, detalhou. 

E tarefa de remixar um sucesso se utilizando de um estilo novo foi inédito pra Kiko. 

Sem dúvida, foi um dos remixes mais complicados que fiz. Por ter o BPM muito baixo, tive que ajustar algumas sessões dos vocais para manter a essência da original em uma versão progressiva. Esse projeto inseriu uma nova vertente na minha carreira, a primeira de muitas que virão no estilo progressivo, que acredito ser parte do meu amadurecimento musical.” 

Já há algum tempo trabalhando em originais com caráter mais progressivo, diferente de tudo que já havia lançado até então, o remix é resultado dessa fase que Kiko vive. E a relação de aprovação da track foi intensa. 

Tivemos pouco mais que três dias para apresentar uma primeira versão pro Alesso e o Liam, eles precisam decidir quais remixes seriam lançados. Mudamos algumas vezes e aprovamos na terceira. Foi corrido, mas acredito que chegamos aonde queríamos, eu e o Sylvain ficamos com o sentimento de dever cumprido’, contou o paulista. 

Trabalhando com dois dos maiores nomes da música mundial, Kiko mostra, uma vez mais, seu talento e sua capacidade de expandir as fronteiras. Eleva o nome do país e mostra que a música eletrônica nacional é exemplo. Quer ouvir? Clique aqui e garanta suas vibez na sua plataforma favorita!

SIGA O KIKO FRANCO POR AÍ:

SPOTIFY | INSTAGRAM | SOUNDCLOUD | FACEBOOK