Ouça ‘Take’ e conheça mais sobre Zoldan e Guilherme Puccos
Na foto: Guilherme Puccos e Zoldan por edição Eletro Vibez

[PREMIERE] Ouça ‘Take’ e conheça mais sobre Zoldan e Guilherme Puccos os nomes por trás desse novo lançamento na Vibez Sounds

Amigos, estudantes e sonhadores. Dividindo a mesa da faculdade, Guilherme e Rafael resolveram topar o desafio de produzirem uma música autoral. Embalados pelo sonho, eles debruçaram seus esforços e aprendizados para desenvolverem aquela que seria a materialização de um grande desejo de menino.

E será aqui, nessa edição da #PremiereVibez que você vai conhecer a história dos dois e do som que vai marcar a carreira desses artistas: “Take”. Dê o play para acompanhar a sua leitura!

Guilherme tem 19 anos, e é nascido em São Paulo. Suas principais influências são Vintage Culture, Chris Lake, Illusionize, Adam Beyer, Pickle e Duke Dumont. Desde pequeno, a música eletrônica era uma companhia e a incentivadora no sonho de ser DJ. 

Assim que ganhou seu primeiro notebook, começou a treinar discotecagem. Sempre que tinha um tempo de sobra, treinava durante horas e horas, até que um dia surgiu a oportunidade de tocar em seu primeiro evento, promovido por um amigo, a grande chance de apresentar seu trabalho em público.

Rafael, por sua vez, tem no sobrenome seu rosto artístico e, bem como o parceiro de collab, tem 19 anos, é paulistano e se inspira em Vintage Culture, Cat Dealers, Illusionize, KVSH, JØRD, Evokings, Fractall, Gabe e Chris Lake. Seus pais sempre foram apreciadores da música eletrônica dos anos 80 e 90, a Disco Music. 

Seu passatempo preferido quando criança era ouvir os vários CDs de música eletrônica de seu pai. Ensinado por ele, Zoldan viu sua paixão pela música eletrônica crescer até que ser DJ e Produtor tomou conta de seus desejos. Aos seus 15 anos, comprou sua primeira controladora e começou na cena eletrônica, tocando em festas, em pequenos eventos. 

Em um bate papo exclusivo com a Eletro Vibez, eles contaram o que aconteceu para que dessem início à produção:

Nós fazemos produção de música eletrônica na (Faculdade) Anhembi Morumbi, um dia estávamos tocando juntos lá e tivemos a ideia de fazer uma track. Sentamos e começamos a decidir o que fazer. Foi aí que vimos que deveríamos fazer uma track no estilo Desande, que vem crescendo demais nesses últimos tempos, mas com alguns elementos do Tech House.

Nos inspiramos bastante no trabalho do Illusionize e queríamos fazer uma track que pegasse bem demais na pista, que causasse uma reação em quem escuta, em que está curtindo, e o resultado foi muito satisfatório!” explicou Guilherme. 

E ao relembrar de todo o processo de criação e produção da ‘Take’, eles revelaram que o desenvolvimento não foi dos mais tranquilos.

O processo criativo dessa track foi leve, mas, ao mesmo tempo, complexo. Começamos com uma ideia de drop, e a ideia foi se desenvolvendo conforme o tempo e a produção, mas nós sempre queríamos alterar ou adicionar algum elemento, e acabou que levamos um mês para realmente finalizar essa track. Nós fizemos três masterizações, cada uma ficou diferente da outra e acabamos ficando com a 3° versão”.

Então ouça já a colaboração entre dois novos talentos da cena nacional em parceria com a Vibez Sounds para movimentar sua quarentena e te levar a curtir vibez típicas das pistas. É só clicar aqui para ouvir em sua plataforma favorita a mais nova track de Rafael Zoldan e Guilherme Puccos, ‘Take’.

SIGA O ZOLDAN POR AÍ:

FACEBOOK | INSTAGRAM | SOUNDCLOUD

SIGA O GUILHERME PUCCOS POR AÍ:

FACEBOOK | INSTAGRAM | SOUNDCLOUD