rafael zoldan eletrovibez musica the power
Na foto: Rafael Zoldan via divulgação

[PREMIERE] Zoldan mostra lado progressivo com a nova ‘The Power’

vibezmag

“Sabe aquelas músicas que você ouve e viaja? Que você se imagina dirigindo a noite, sozinho, pela madrugada, se imagina curtindo com os amigos, com a pessoa que você gosta, se imagina curtindo muito ela em um festival. Então, esse é o sentimento que eu pretendo despertar com essa track!”

Foi com essa frase que Zoldan, um jovem produtor que já falamos por aqui, cheio de talento e de empolgação, explicou o que sente com sua nova track. Quer conhecer essa história? Chega mais pra essa edição do #PremiereVibez.

Lançada pela Smoke Music, uma label brasileira em plena expansão e crescimento, a “The Power” traz consigo a identidade do Progressive House, uma concepção de música que tem sido muito visitada no Brasil e que inspirou Zoldan na missão de produzir esse som. 

Desde quando comecei a produzir a The Power, na minha cabeça, já tinha em mente a noção do Progressive House e eu queria fazer algo com muita vibe, pra galera escutar e viajar, curtir, relaxar, etc.”

O processo de criação da track teve uma característica bastante peculiar. Zoldan contou que o vocal da música não é um vocal “completo”, são frases que juntou para formar uma frase que causasse impacto e que tivesse uma relação importante com o recado que queriam passar. O começo desse processo, no entanto, não foi nada fácil. Ele pensou em desistir. 

A primeira versão da track era completamente diferente do resultado de agora, era outra track, só que estava horrível, então decidi mudar. Apaguei tudo, deixei apenas o vocal, bateria e FXs. Melodias, pads, leads, bass, foi tudo pra lixeira, e fiquei sem ideias, não sabia como continuar, o que fazer na track. Fiquei um bom tempo com esse projeto parado, mas com muita vontade de continuar, eu sabia que essa track tinha muito potencial”. 

Foi nesse momento de baixa que o gosto por uma vertente foi capaz de mudar o rumo das coisas. 

Então, comecei a ouvir muitas tracks no estilo progressive, que vem crescendo muito aqui no Brasil, e foi aí então que decidi fazê-la nesse estilo. Somando, desde o começo, a ‘The Power’ teve uns três meses de tempo de produção. Fiquei muito satisfeito com o resultado, a track ficou com uma vibe sensacional, e meu sonho é toca-la um dia na Laroc.” Contou.

Desde quando começou a produzir a “The Power”, Zoldan tinha como objetivo fazer uma track que as pessoas ouvissem e esquecessem dos seus problemas, esquecessem do mundo, como contou pra gente:

Queria ver todo mundo apenas curtindo a música, viajando na vibe, ouvindo e ouvindo várias vezes, tendo uma sensação que eu gosto de chamar de ‘sensação de infinito’, que é aquela sensação que sentimos quando ouvimos aquelas músicas que nos fazem sentir infinitos, como se os problemas não existissem.”

E se você ficou afim de curtir essas vibez, clique aqui, ouça na sua plataforma favorita e ajude esse talento nacional a alcançar mais um sonho: ter o suporte de seu grande ídolo, Vintage Culture!

mister ruiz

Publique um story ouvindo a track e marque o @rafaelzoldan e @vintageculture com a hashtag #VintageTocaThePower, ou comente com a # no twitter marcando @rafa_zoldan, ou marque o Vintage aqui nessa publicação e bora fazer vibez!

SIGA O ZOLDAN POR AÍ:

SPOTIFY | INSTAGRAM | SOUNDCLOUD | FACEBOOK | TWITTER