Foto com edição da Eletro Vibez

Quais são os brasileiros no Top 100 DJs da DJ Mag?

Última atualização:

O ranking que é globalmente conhecido por medir a popularidade de um artista, vem inserindo cada vez mais, brasileiros em seu ranking e a gente vai te contar aqui quem são eles!

Apesar da veracidade e credibilidade serem constantemente colocadas à prova, não podemos negar que o Top 100 DJs da DJ Mag ajuda a dar mais visibilidade aos artistas listados nela.

Vale lembrar que a o ranking é baseado na votação do público, ou seja, o artista que é mais engajado e que mais divulga sua participação nele, incentivando a votação, consequentemente ficará em posições elevadas, conforme mostraremos abaixo.

DJs brasileiros no top 100 da DJ Mag

Confira a atualização de acordo com a votação de 2020:

5º – Alok

O precursor do Brazilian Bass, agora conhecido como Slap House, Alok emplacou músicas como “Hear Me Now”, “Piece Of Your Heart (Alok Remix)” e segue fazendo lançamentos que atingem números expressivos nas plataformas de streaming. Presença no Mainstage do Tomorrowland, Alok ultrapassou a barreira da música eletrônica e hoje se consolida como um artista em constante presença na mídia brasileira e internacional.

30º – Vintage Culture

Lukas Ruiz vem colecionando anos memoráveis, fazendo turnê por diversos países e levando a marca “Só Track Boa” para todo o Brasil. Ele emplacou sucessos como o remix para Maverick Sabre, em Slow Down, a collab com Tiësto, “Coffee (Give Me Something)”, e realizou sua estreia na Defected Records com “It Is What It Is”, uma das músicas mais vendidas do Beatport em 2020.

52º – Cat Dealers

Lugui e Pedrão são os irmãos por trás do Cat Dealers, que hoje ultrapassa a marca de 914 milhões de plays nas plataformas de streaming e 394 milhões de visualizações no YouTube.

Com sua festa autoral (Cat House), gravadora (Sony Music Brasil e Armada Music), os cariocas conseguiram o feito de entrar para a Forbes Under 30, sendo destaque na categoria “Música”, de 2018, e são donos do segundo maior canal da cena eletrônica brasileira no YouTube, com mais de 800 mil inscritos. Além disso, emplacaram a Cat House Sessions, aos domingos, na Twitch da Insomniac.

95º – ANNA

ANNA se consolidou como uma artista de nível global após ser convidada para o lendário programa Essential Mix, da BBC Radio 1. A brasileira radicada em Barcelona caminha nos próximos anos para se tornar uma das principais figuras da cena Techno Mundial. Fenômeno de vendas no portal Beatport, onde costuma figurar no top 10 de Techno, ela já passou pelos maiores festivais mundo afora e labels de renome, como Afterlife!

A votação gera visibilidade para aqueles que estão fazendo um trabalho de divulgação bem intenso na cena, lançando músicas de expressão e emplacando hits, mas não necessariamente prioriza o melhor produtor ou o que tem mais qualidade. Fato é que esses brasileiros estão representando muito bem o nosso país.