img destaque post review rio carnaval dos sonhos
img destaque post review rio carnaval dos sonhos

Review: O Rio Carnaval dos Sonhos prometeu e cumpriu.

Última atualização:

Pra quem achava que só de samba vive o Carnaval do Rio de Janeiro, se enganou. O RCS aterrissou com tudo no maior estádio do Brasil, fazendo jus à sua grandeza: estrutura impecável, palco monumental, grande público e o melhor: muita música boa. O Maracanã deixou de ser o templo do futebol e passou a ser o principal palco da música eletrônica na maior festa do país.

Sexta-feira (9/2):

O evento começou com tudo na Sexta de Carnaval, com nada mais, nada menos que 10 horas de muito deep house. A noite iniciou com RDT, seguido de Bruno Be e Manimal, que teve direito a vocais ao vivo de Junior Lima durante a apresentação.

A madrugada ficou ainda mais animada quando a dupla Chemical Surf subiu ao palco. A galera foi ao delírio com hits como “Hey Hey Hey” e “Magalenha”, sucessos indiscutíveis do duo. Do front ao back, a galera não parava de dançar um minuto, fazendo vibez incríveis no gramado do grande Mário Filho.

Efeitos especiais não faltaram. A iluminação do palco estava de encher os olhos, combinada com tiros de fumaça e serpentina. Para quem acha que acabou, a festa estava só começando. O auge da noite foi o espetáculo do mestre Vintage Culture, que dispensa comentários quando o assunto é um set de qualidade. Ele levantou ainda mais o público, tocando até o sol raiar.

Amanheceu e agora? Hora de combinar os maiores artistas da noite com um inesquecível B2B entre Vintage Culture e Chemical Surf, que fez a multidão gritar o clássico “Eu não vou embora!”.

Esse foi só o primeiro dia de um evento inesquecível. Muito mais ainda estava por vir.

Segunda-feira (12/2)

O início das vibez eletrônicas da Segunda-feira de Carnaval ficou por conta do maior nome da cena brasileira: Alok, que fez a galera dançar e cantar junto os seus mais recentes sucessos, como: “Hear Me Now” e “Big Jet Plane”.

A noite foi seguida pela dupla Make U Sweat, que não fez por menos e fez a galera suar, curtindo os seus hits e remixes. Nada da pista esvaziar. O público estava preparado para uma noite repleta de muita dança e sorriso no rosto.

O EDM foi comandado por Lucas Borchardt, que levou um som de qualidade para o Maraca até o amanhecer. O dia começou com o duo RADIØMATIK, de “Too Close”, à frente das pick ups e assim fecharam as 9 horas de festa e o evento como um todo.

A estreia do Rio Carnaval dos Sonhos surpreendeu e trouxe para a cidade uma estrutura de tirar o fôlego, artistas de renomes nacionais e internacionais e várias vibez incríveis, graças à um público invejável. Não tinha como dar errado!

Foi no RCS? Conta a sua experiência pra gente!

Por Fellipe Brandão