Saindo da Curva: Saiba quem é Mesto e conheça o seu som

Written by on 6 de setembro de 2019

Assim como em boa parte de tudo que envolva esportes, o mundo da música eletrônica não foge dos rótulos de promessas que emergem no cenário. Assim, o nosso personagem da vez no quadro Saindo da Curva é o Mesto, jovem DJ holandês que vem sendo comparado, por diversos fatores que englobam da idade até o estilo musical, com Martin Garrix.

Dá pra afirmar que Mesto nasceu vinculado com a música, aprendendo desde cedo a tocar os mais variados instrumentos. Logo aos 6 anos de idade, ele começou a tocar violino. Aos 11 anos, foi a vez de iniciar os aprendizados na bateria, já se interessando em produzir música. Mas foi ouvindo o single “Gecko”, de Oliver Heldens, que ele criou laços com a cena eletro-musical.

Gostando cada vez mais de Deep House e Future House, Mesto começou a ver vídeos no YouTube de como era possível produzir música eletrônica e, aos 14 anos, baixou seu primeiro software especializado em compor canções. Foi nessa mesma idade que ele começou a tocar Deep House, depois migrou para o Hard House e, por último, foi para o Future House, que até hoje é o seu estilo predileto.

Quando tinha apenas 15 anos, Mesto começou a carreira lançando sua primeira música denominada “Wait Another Day”, que foi uma colaboração com Alex Ranzino, em novembro de 2014. Após algumas produções de remixes, ele colaborou com Mike Williams para lançar um bootleg de “Raise Your Hands” do Ummet Ozcan. Dando sequência no crescimento de sua popularidade, ele lançou duas músicas nos dois primeiros meses do ano: “New York”, em janeiro, e “Tokyo”, em fevereiro.

Através do SoundCloud, onde faixas como “Tetris” e “Rio” renderam milhares de plays, ele construiu uma audiência como um adolescente que inicialmente não queria nada. No entanto, sua popularidade explodiu quando participou com Martin Garrix e Justin Mylo no single “Bouncybob”, ainda em 2015. No ano seguinte, Mesto se apresentou ao lado dos dois no programa “Bij Igmar” do SLAM! e viveu um 2016 marcado por remixes, fazendo com que não demorasse muito para que uma gravadora de renome se interessasse pelo seu trabalho. Então, em outubro desse mesmo ano, Mesto assinou com a Spinnin ‘Records e disparou a lançar single atrás de single.

Com um 2017 marcado por muitas produções e pouca repercussão, ele explodiu ao conseguir certa notoriedade quando começou a emplacar diversos hits com DJs de maior renome em 2018. Em duas produções com Tiësto, Mesto começou o ano lançando “Coming Home” e “Can’t Get Enough”. Depois, ao lado de Jay Hardway, ele colaborou em “Save Me”. E já para o fim do ano, mais uma vez ao lado de Mike Williams, Mesto fez a música “Wait Another Day”, que recebeu o suporte de grandes artistas como Tiësto, Hardwell, Oliver Heldens, Afrojack e Dimitri Vegas & Like Mike, e pode ser considerada seu maior sucesso até aqui.

Com aparições em festivais de menor porte, mesmo em tão pouco tempo de carreira, é bem provável que veremos o jovem DJ de 19 anos em breve nos principais eventos de música eletrônica ao redor do mundo. Construindo uma vibe com grandes batidas robustas, Mesto é marcante pela forma como apresenta uma melodia forte, otimista e agitada em suas produções.

Atualmente Mesto estuda na Herman Brood Academy, uma escola de produção musical localizada em Utrecht, na Holanda, e que formou dois grandes nomes em ascensão: Martin Garrix e Julian Jordan. Possuindo um futuro de ouro e um DNA originário da música, ele pode, e deve, ser considerado um dos DJs mais promissores da Europa e quiçá do Mundo.

O que ele toca?

Future House e Electro House.

Ouça suas top 3 tracks:

Set mais cheio de vibez:

SIGA O MESTO POR AÍ

FACEBOOK | INSTAGRAM


Current track

Title

Artist