Vale a pena lançar música todo mês
Vale a pena lançar música todo mês

Vale a pena lançar música todo mês?

Olá meus caros e minhas caras, como estão? Espero que todos estejam bem.

Lançar música todo mês vale a pena? Esse é um questionamento que recebo com grande frequência e, provavelmente, você também já se fez. Nesse artigo pretendo te dar os instrumentos para você tomar sua decisão por conta própria e ter embasamento para responder se vale ou não vale lançar uma música por mês. 

Bom, o primeiro ponto que precisamos abordar logo de cara é que lançar música todos os meses apresenta vantagens e desvantagens bem evidentes, que você confere na lista aqui abaixo: 

1) Lançar música todo mês faz com que o algoritmo do Spotify (e de outras lojas de música) te distribua mais. 

Isso é um fato, o BaRT (nome do algoritmo do Spotify) tem como um dos fortes pilares de recomendação a temporalidade da sua música, ou seja, ele prioriza a recomendação de músicas que foram mais recentemente incluídas na plataforma. Por esse ponto é possível entender que se você lança músicas todo mês, suas chances de ser recomendado(a) aumentam. 

2) Lançar música todo mês trabalhando para o algoritmo pode ser algo que prejudica sua saúde mental e suas campanhas de marketing. 

Dois pontos em um aqui. Lançar música todos os meses pode ser algo altamente estressante, ainda mais para pessoas cuja profissão já é extremamente exigente (artistas) e as demandas são altíssimas. Adicionar ainda mais pressão e a cobrança de fazer uma música boa todo mês (não adianta fazer qualquer música) pode ser demais e gerar ansiedade, burnout etc. 

Junto a isso, uma boa estratégia de lançamento de qualquer conteúdo no universo musical deve ser bem pensada e bem executada. Isso demanda tempo e planejamento. Fazer isso todos os meses pode fazer com que você caia em uma “mesmice” de lançamentos, seguindo uma fórmula, ou que você não consiga executar campanhas com seu potencial máximo de resultados. 

3) Lançar música todo mês pode ser um bom campo de treino para você. 

Por outro lado, a prática leva a perfeição. Levando isso em conta, quanto mais você faz, mais você lança, mais você aprende. Tanto em termos de produção quanto em termos de marketing de lançamento. 

4) Lançar músicas todo mês é uma grande mensagem ao mercado. 

Falando em comunicação não verbal, o mercado ver que você consistentemente está fazendo lançamentos faz com que as pessoas percebam claramente que você está levando sua carreira muito a sério, está investido e “não está de brincadeira”. Não estou dizendo que quem não faz isso não está levando sua carreira a sério, mas a questão é que quando falamos de comunicar uma mensagem, lançar música todo mês mostra uma grande dedicação e investimento de tempo e dinheiro na carreira. 

Acredito que esses sejam pontos interessantes a serem considerados antes de você aderir à estratégia de lançamentos mensais só porque alguém disse para você que seria uma boa ideia. No fim das contas, quem precisa decidir se isso é bom para você ou não é você mesmo dentro de suas capacidades reais de manter um trabalho consistente e que, ao mesmo tempo, te satisfaça e te deixe feliz. 

Não adianta aderir a uma estratégia “só porque ela é boa” e no fim das contas você se sentir exausto(a) e desmotivado(a) a continuar pois essa mesma estratégia sugou suas energias e te fez trabalhar de uma maneira que não era a que você desejava. 

Lembre-se que acima de tudo você produz arte, não uma commodity ou um bem de consumo com data de validade curta. 

Um abraço a todos e até breve, 

Diogo O’Band.