#VibezIndica: Gabi Giordan

Última atualização:

Gabriele Jiordani Baggio, mais conhecida como Gabi Giordan, tem 22 anos e é de Caxias do Sul, RS. Seu projeto teve início em 2017 e vem espalhando boas vibez com muito Melodic Techno e Progressive House. Conheça mais sobre sua história neste #VibezIndica!

O que te influenciou a entrar no universo da música eletrônica?

Gabi Giordan: Desde pequena sempre fui apaixonada por música, era viciada em escutar ‘Summer Eletrohits’, diariamente, tinha todos os CDs. Aos 10, comecei a tocar violão e guitarra, e já sabia que queria viver da música. Aos 14, comecei a ir pras festas e amei aquele vibe, estava tocando música eletrônica, pessoas dançando e se divertindo, e o DJ sendo responsável por transmitir aquilo, foi aí que surgiu o sonho em me tornar DJ. 

Você fez algum curso para aprender a produzir ou foi na base da força de vontade, com tutoriais de youtube e dicas de amigos?

Gabi Giordan: Fiz curso de produção na AIMEC BC, e tutoriais no YouTube como os da UB Tutorials, entre outros.

Como e quando surgiu?

Gabi Giordan: Eu já estava no ramo da música desde criança, fiz alguns cursos (violão, canto, etc..), e sempre fui apaixonada pela música eletrônica, tinha o sonho de me tornar DJ, aí no ano de 2016, conheci um DJ e ele me ensinou a tocar, fiquei um tempo praticando, e então em 2017 iniciei meu projeto “Gabi Giordan”, minha primeira festa já foi para um público de 4 mil pessoas, e daí em diante veio gig atrás da outra, no mesmo ano me mudei para Los Angeles. Quando voltei pro Brasil tive mais gigs internacionais e em outros estados, no meio disso fiz curso de produção musical e iniciei os lançamentos de música. 

Referências musicais e artistas que te inspiram?

Gabi Giordan: Tenho muitos artistas que me inspiram, e que são referência pra mim, como David Guetta, Eric Prydz, Vintage Culture, Tiësto, Swedish House Mafia, Calvin Harris, Gorgon City, Eli Brown, Camelphat, Tale Of Us, Lane 8, ARTBAT, etc.. .

Como você definiria o som que você produz?

Gabi Giordan: Progressive House e Techno melodic, mas tem outras vertentes que se misturam nos meus sons 

Como funciona seu processo criativo?

Gabi Giordan: Não tenho algo definido, às vezes encontro um vocal que curto muito e já imagino uma batida em cima dele, ou às vezes escuto algumas músicas que me inspiram e surgem ideias, ou eu apenas vou mexendo no tablet até ir surgindo algo. 

Qual o seu setup de produção?

Gabi Giordan: Uso Windows, meu Notebook é o Gamer Acer VX5-591G, o daw que produzo é Ableton Live,  e uso headphone da Sennheiser. 

Durante seu set, é possível ouvir quais tipos de músicas?

Gabi Giordan: Tech House, Melodic Techno e Progressive. Um set bem pesado e pra pista!

Cite algo que você ama/admira na música eletrônica:

Gabi Giordan: Eu amo como a música eletrônica conecta as pessoas de todos os lugares do mundo, a energia que ela transmite numa pista, e você nunca vê alguém triste ouvindo eletrônica, ela te deixa numa vibe muito boa. Pra mim, ouvir música eletrônica é uma terapia 

Indique suas duas produções favoritas:

Gabi Giordan: “Euphoria” e a “Birds”, que vai sair em breve!

Quais são outros 3 artistas brasileiros que se assemelham ao seu estilo de produção e a galera precisa ficar de olho?

Gabi Giordan: Vicissu tá produzindo umas tracks muito iradas nessa linha que eu toco, meu amigo Agguiar, que inclusive vamos lançar uma música juntos, e o Ravok, que produz há anos e tem muita experiência.

Tem alguma novidade extra ou algo que o público deva saber de você?

Gabi Giordan: Esse ano lancei minha Label, a Housewood Records, e toda a estética será inspirada em Hollywood, inspiração de quando morei em Los Angeles, e o primeiro lançamento da label será uma track minha, a “Birds”, que é um Melodic Techno. A galera já pode enviar demos pelo e-mail demoshousewood@gmail.com e o insta é @housewoodrecords.