meca vibez indica
meca vibez indica

#VibezIndica: Meca

Do Só Track Boa para o Brasil, Matheus Meca ou só Meca, 27 anos e natural de Mundo Novo – Mato Grosso do Sul, é um talento que com seu som cheio de melodia, desperta muitos sorrisos nas pistas.

Ele vem se destacando por sua sensibilidade musical, carisma e habilidade impecável de conduzir as pistas por onde passa e também coleciona inúmeras apresentações ao lado de ninguém menos que Vintage Culture. Saiba mais sobre esse artista que você precisa ficar de olho, neste #VibezIndica:

O que te influenciou a entrar no universo da música eletrônica?

Meca: O que, necessariamente, não sei responder. Mas quem mais me influenciou foram meus primos, que me apresentaram a música eletrônica quando eu tinha uns 14 anos, eles pesquisavam muito e me mostravam várias. Desde então peguei gosto e fui aprendendo a identificar cada estilo.

Como e quando surgiu?

Meca: Eu já tocava por hobby há alguns anos e, mais por incentivo dos amigos que comecei a tocar profissionalmente há 2 anos, na época ainda não produzia.

Referências musicais e artistas que te inspiram?

Meca: Sou fã de melodia… gosto muito de Melodic House e Progressive House, mas também sou grande fã de House. Então, para sons mais melódicos, quem me inspira são Stephan Bodzin, Yotto, Dirty Doering, e para House, David Penn e Robosonic.

Como você definiria o som que você produz?

Meca: Não gosto de produzir só uma linha de som, porque depende muito do vocal que queira trabalhar em cima, então podemos dizer que varia do House, Tech House até o Melodic House.

Como funciona seu processo criativo?

Meca: Depende da track, mas geralmente pelo break, criando melodias e desenvolvendo o drop.

Qual o seu setup de produção?

Meca: Fone Sennheiser e MacBook Air hahaha

Durante seu set, é possível ouvir quais tipos de músicas?

Meca: Depende de quantas horas de set hahaha mas vão ouvir algumas de minhas tracks, entre outras de House, Tech House e alguns momentos mais melódicos.

Cite algo que você ama/admira na música eletrônica:

Meca: A enorme variedade de sons que existe e ainda possa existir, e sinto que cada vez mais o público mainstream brasileiro tá aceitando sons diferentes, isso é ótimo!

Indique suas duas produções favoritas:

Meca: “Come Back Around”, feita com Korvo, que será lançada em fevereiro de 2020, pela @endlessmusicbr, que é uma gravadora nova aqui no Brasil.

View this post on Instagram

A post shared by Meca (@matheusmeca) on

“In My Vein”, feita com Davi Lisboa (que canta muito, inclusive), que ainda não tem data pra lançamento, mas já estou tocando e a pista tá recebendo ela bem!

Quais são os planos para 2020?

Meca: Só tenho que dizer que to com muitos lançamentos programados pra 2020. :)))

SIGA O MECA POR AÍ: FACEBOOK | INSTAGRAM

Meu Carrinho Close (×)

Seu carrinho está vazio
Procurar na Loja