#VibezIndica: Mehen

vibezmag

Eduardo Filipe Simões de Oliveira, a.k.a. Mehen, tem 25 anos e é natural de Mafra, SC. Seu som passeia do Indie Dance ao Progressive House e, além de lançamentos por labels de expressão como Só Track Boa e Lemon Drops, ele coleciona suportes de Vintage Culture! Conheça mais sobre sua história neste #VibezIndica!

O que te influenciou a entrar no universo da música eletrônica? 

Mehen: Desde pequeno, sempre fui fissurado por música, aprendi a tocar vários instrumentos e, em 2007, quando comprei meu primeiro DVD de música eletrônica, me apaixonei pelo estilo. Esse foi o maior impulso para eu entrar nesse universo.

Você fez algum curso para aprender a produzir ou foi na base da força de vontade, com tutoriais de youtube e dicas de amigos?

Mehen: Fiz curso na AIMEC – BC de discotecagem, durante o qual me passaram uma base de produção musical. Então, fui atrás de mais conhecimento para poder me aperfeiçoar bem na área. No total, foram 4 cursos.

Como e quando surgiu?

Mehen: O Mehen surgiu depois de uma fatalidade. Perdi um dos meus melhores amigos em um acidente de carro. Depois disso, tive a necessidade de cumprir a promessa que fazíamos um para o outro, que era de nunca desistir dos nossos sonhos. Com isso, em 2019, profissionalizei meu projeto e estou batalhando por ele desde então.

Referências musicais e artistas que te inspiram?

Mehen: Como referência musical tenho muito em base o Indie Dance, Groove House, Tech House e também Progressive House.

Artistas que me inspiram: Vintage Culture, Adana Twins, Purple Disco Machine, CamelPhat, Colyn, Icarus, Gorgon City, dentre outros.

Como você definiria o som que você produz?

Mehen: Dançante, variando do Indie Dance, Tech House ao Nu Disco.

Como funciona seu processo criativo?

Mehen: Varia muito de uma pra outra, mas geralmente por uma ideia de break com vocal ou pelo drop (Bassline e drums).

Qual o seu setup de produção?

mister ruiz

Mehen: DAW – Ableton Live 11

Placa de áudio – Focusrite scarlett solo

Monitores – Yamaha Hs5

Fone – Sennheiser hd 25

Durante seu set, é possível ouvir quais tipos de músicas?

Mehen: House com muito groove, Tech House e Progressive House.

Cite algo que você ama/admira na música eletrônica:

Mehen: Principalmente a união, pois desde o primeiro play que eu dou na festa, o principal objetivo é fazer todos se conectarem através da música, despertando emoções e sentimentos durante o set. 

Indique suas duas produções favoritas:

Mehen: Difícil, mas escolho a “No Sunrise” e “New Dimension”.

Quais são outros 3 artistas brasileiros que se assemelham ao seu estilo de produção e a galera precisa ficar de olho?

Mehen: BRN, Redukt, Duske.

Tem alguma novidade extra ou algo que o público deva saber de você?

Mehen: Teremos 2 grandes lançamentos por vir e uma collab de peso!