#VibezIndica: Nineteen Sines

Nineteen Sines é natural de Pernambuco, apaixonado por Techno e mentor do projeto “A Onda”: um talento para você ficar de olho.

Thiago Kenned, a.k.a. Nineteen Sines, é natural de Pernambuco, apaixonado por Techno e mentor do projeto “A Onda”: um talento para você ficar de olho.

Leia a matéria e conheça mais sobre a história dele neste #VibezIndica!

O que te influenciou a entrar no universo da música eletrônica?

Nineteen Sines: Com 16 anos, vi um vídeo em que Tiësto tocava “Adagio for Strings” num TMF, e aquilo foi o meu primeiro despertar. Já sabia o que eu queria pro resto da vida. Estranho, né? Um cara do Techno falando de Tiësto hahahaha, mas naquela época foi o que me encantou. Obrigado, Tiësto! hahaha

Você fez algum curso para aprender a produzir ou foi na base da força de vontade, com tutoriais do youtube e dicas de amigos?

Nineteen Sines: Tutoriais do Youtube desde sempre, e aí depois fui sugando dos que sabiam mais e colocando em prática. Constância é a palavra chave, hoje em dia eu ensino quem não sabe. Chamo isso de “fazer o rio fluir”: enquanto a gente guardar conhecimento, muito “peixe” nesse rio pode estar morrendo. Hoje minha filosofia é essa.

Referências musicais e artistas que te inspiram?

Nineteen Sines: Referências musicais tenho muitas: dos brasileiros, Victor Ruiz, Kalil, Alex Stein, Anna, Whebba. Dos gringos, Enrico Sangiuliano, Stephan Bodzin, Skrillex, Richie Hawtin, Noisia, Maceo Plex… e por aí vai.

Como você definiria o som que você produz?

Nineteen Sines: Definiria como um Techno igual a muitos, mas diferente de todos. Parece confuso, mas não é. Eu tenho pegado minhas influências por aí e vou absorvendo. Quando sento pra produzir, meu subconsciente faz todo o resto. Quando eu vejo que tá igual ao fulano de tal, eu pego e faço algo diferente do comum. 

Como funciona seu processo criativo?

Nineteen Sines: Hoje em dia ele flui bem: ouvindo algumas influências, tento procurar alguém que esteja fazendo algo diferente e fico testando modos de fazer mais diferente ainda em questão de timbres e tal. Passo grande parte dos meus dias sem ouvir Techno, mas no dia que eu sento pra produzir eu já começo minha manhã com uma playlist pra ir acostumando minha mente a entrar no ritmo, aí na hora de produzir sai tudo.

Qual o seu setup de produção?

Nineteen Sines: Macbook pro 13, i5, 2012 – 4GB de Ram, SSD 120GB ( um guerreiro, não sei como não explodiu ainda)

Interface de áudio Audio 8 DJ

Palmer MONICOM (oneknob para controlar o volume já que a Audio 8 não dá pra controlar o volume pelo mac)

Durante seu set, é possível ouvir quais tipos de músicas?

Nineteen Sines: Techno 128 pra cima, mas não tenho muito limite, encaixo até drum n bass ultimamente (gosto muito).

Cite algo que você ama/admira na música eletrônica:

Nineteen Sines: Aprendi a amar o processo. Antes do meu despertar, eu queria muito chegar e alcançar novos ares e o sucesso, queria dinheiro muito rápido, hoje eu “amo” quando fico com bloqueio criativo e depois sai uma baita sonzeira, e isso é revigorante, porque você se sente mais humano. No final, a vida é muito sem graça se for tudo muito fácil e do jeito que a gente quer. 

Indique suas duas produções próprias favoritas:

Nineteen Sines: Monica Salmaso – Tempo de Amor e Marcelo Oriano – Schreien, ambos remixados por mim!

Quais são outros 3 artistas brasileiros que se assemelham ao seu estilo de produção e a galera precisa ficar de olho?

Nineteen Sines: P.E.U, Bry Ortega, Spuri

Tem alguma novidade extra ou algo que o público deva saber de você?

Nineteen Sines: Depois da descoberta e despertar do meu propósito real de estar aqui produzindo e tocando e levando felicidade e tudo que a gente sabe que um DJ faz, hoje eu compartilho tudo que eu sei com DJs e produtores que têm todos os bloqueios que eu tive no início e até alguns meses atrás na minha carreira num projeto que eu chamei de “A ONDA”. 

Sabe o lance de deixar o rio fluir? Então! Não é só sobre saber produzir ou tocar, até porque eu não passo nada sobre como fazer as tracks nessas mentorias, e sim como você crescer profissionalmente usando tudo o que tem disponível na internet, com propósito clarificado e dando valor ao processo, porque o sucesso e o dinheiro são a consequência, e só vão potencializar quem realmente as pessoas são, e é começando com as mudanças de dentro que farão a diferença do lado de fora pra gente e pra outras pessoas.

Fora isso, tem alguns lançamentos e collabs até dezembro que serão bem legais! Fiquem de olho! E obrigado pelo convite, é minha primeira entrevista só minha pra um portal desde 2006! <3

CONTINUE CONECTADO COM O NINETEEN SINES: INSTAGRAM | SPOTIFY | SOUNDCLOUD

Revisão por Hector Lopez

Faça parte do Vibez Club!
Você é apaixonado por música eletrônica? Então cadastre-se e faça parte do nosso club exclusivo de vantagens, e tenha a chance de ganhar nossos produtos, lançamentos exclusivos, ingressos e mais!