Ciclo Records: Gravadora brasileira no #RadarVibez! - Eletro Vibez

Ciclo Records: Gravadora brasileira no #RadarVibez!

Falamos com Thiago Becker, fundador da Ciclo Records, gravadora que, em pouco tempo de estrada, já lançou muita música cheia de vibez no Brasil. Leia a entrevista, conheça mais sobre a label e confira algumas dicas infalíveis para ter sucesso ao enviar uma demo!

Quem fundou a gravadora? Quando ela foi inaugurada? O que os inspirou a criá-la?

Ciclo: O CICLO Records é de propriedade dos sócios Pedro Lemos, Thiago Becker – empresários que atuam na área do desenvolvimento e gerenciamento de carreiras artísticas – e Tiago Botelho, DJ e produtor musical. 

Fundado em 11 de julho de 2019, a iniciativa surgiu através de mim (Thiago Becker) e do meu sócio Pedro. Nossa inspiração, ao criar o CICLO, mostra muito a visão com que sempre tocamos a nossa companhia (Spotlight Management): olhando à frente. 

Mas o grande objetivo é atender a todo o mercado, sem quaisquer preferências ou distinções, oferecendo todos os processos de produção musical, assessoria de imagem e inserção no mercado.  Para dar sequência na formação da ideia, convidamos o Tiago Botelho (Bolth), pela nossa amizade de longa data e, claro, por ser um excelente profissional. 

Onde está localizada a gravadora?

Ciclo: Ainda não possuímos uma sede. Todos trabalhamos em home office e cada um dos sócios reside em municípios distintos. 

Vocês possuem artistas-chave que gostariam de indicar para a galera acompanhar os próximos lançamentos?

Ciclo: Daft Hill e Zucchi foram os últimos artistas que nos chamaram a atenção, principalmente pela identidade musical. Ambos aproveitaram muito bem essa paralisação causada pela pandemia do covid-19 e apresentaram uma linha sonora muito peculiar. Mas de um modo geral, acredito que todo o cenário eletrônico nacional é bastante promissor! 

Como é o composta a equipe de vocês?

Ciclo: A nossa equipe possui uma excelente mistura de profissionais com experiência em música. A comunicação e estratégia digital é realizada por mim (Thiago Becker) e pelo Victor Fontes – nosso colaborador; a curadoria artística é de responsabilidade do Tiago Botelho (Bolth); e o Pedro Lemos toma conta do jurídico e financeiro. 

Existe um som/subvertente ou uma ideologia comum que unem seus lançamentos?

Ciclo: Sem barreiras, sem preconceitos. Se a música agradar os nossos ouvidos, nós lançamos. 

Quais são as top 9 tracks lançadas por vocês?

Ciclo: 

Victor Lou, Gommez – Let’s Make Noise 

Breaking Beattz, Victor Lou – Let’s Go Dancing 

NUZB, Goak, Caelu – Hurricane 

Dashdot – Slip Away ft. Ashibah 

Bolth, JrA – Uncertain ft. Coersch 

Zucchi – I Want U ft. Hacko 

Gustavo Mota, Jumper – Okey

Clubbers, INGEK – Coco Bongo 

Öwnboss, Mitch – Battlefield 

Qual é o conselho que vocês têm para dar para quem quer enviar uma demo para vocês?

Ciclo: Eu tenho TOC com organização. Então, se você é um aspirante a artista e tem a esperança de obter um lançamento com o CICLO – ou qualquer outra gravadora, recomendo que siga esses conselhos: 

1. Coloque o nome da gravadora no assunto do e-mail, seguido de “DEMO” para tornar o e-mail mais pessoal; 

2. Envie links privados do Soundcloud com os downloads ativados; 

3. Mantenha seus uploads recentes e esconda as estatísticas quando ativar os downloads – ver que a faixa está parada há meses e que já foi reproduzida por “milhões” de pessoas não é tão legal; 

4. Coloque todas as demos em uma lista de reprodução privada e envie essa lista ao invés de enviar vários links individuais; e 

5. Coloque sua faixa “mais forte” no topo da lista de reprodução. 

Deixe algumas dicas do que um artista não deve fazer na hora de abordar uma gravadora:

Ciclo: Como eu também trabalho com gerenciamento de carreiras artísticas, sou capaz de me colocar nos dois lados desse cenário. Então aqui vai algumas dicas do que NÃO FAZER na hora de enviar sua demo a uma gravadora: 

1. Não envie músicas pela metade. Se você não tiver motivação para finalizar, a gravadora não ficará motivada para ouvi-la; 

2. Não envie anexos ou arquivos no e-mail. Fica difícil de se encontrar em meio a tantos e-mails e também é muito mais rápido a gravadora acessar um link e ouvir tudo o que você tem em um só lugar; 

3. Evite enviar uma nova demo toda semana. É muito melhor estocar de 3 a 5 faixas e enviá-las todas de uma vez; 

4. Não envie demos ao A&R em suas redes sociais – a menos que ele (a) tenha solicitado; e 

5. NUNCA envie a sua faixa para várias gravadoras/destinatários em um mesmo e-mail. 

Curtiu conhecer mais sobre a história e as dicas da galera do Ciclo Records? Quer ter a chance de lançar por lá? Então siga as dicas dadas aqui na entrevista e envie suas demos, para o e-mail contato@ciclorecords.com.br!

CONTINUE CONECTADO COM O CICLO RECORDS

FACEBOOK | INSTAGRAM | SOUNDCLOUD SPOTIFY | SITE

Faça parte do Vibez Club!
Você é apaixonado por música eletrônica? Então cadastre-se e faça parte do nosso club exclusivo de vantagens, e tenha a chance de ganhar nossos produtos, lançamentos exclusivos, ingressos e mais!