Saúde mental em pauta: O que podemos aprender com Justin Bieber?

Última atualização:

A estrela pop Justin Bieber retornou ao Brasil para sua apresentação no Palco Mundo do Rock in Rio e o que era pra ser mais uma apresentação épica do cantor, tornou-se motivo de preocupação.

Tensões e dúvidas surgiram após boatos dizendo que o canadense não estava bem. Para os fãs, cada minuto que passava sem a confirmação de que Justin iria se apresentar no Rock in Rio era como se o seu maior sonho não fosse se tornar real.

O Rio de Janeiro estava tomado pelo sonho de ver Justin Bieber, os possíveis hotéis em que o cantor poderia aparecer estavam rodeado de fãs e qualquer movimentação era motivo de gritaria e todos se perguntavam “Será que é ele?”

Chegou o dia da apresentação e com ele, a confirmação: “Justin Bieber chega ao Brasil para apresentação do Rock in Rio, mas cancela as demais datas da Justice World Tour”. O show foi lindo, sendo o assunto mais falado nas redes sociais, fãs chorando emocionadas com aquele momento e a chuva forte que estava prevista para acontecer, não aconteceu.

Justin Bieber, hitmaker e dono do 3° lugar com mais ouvintes mensais do Spotify, além de sold out em 12 minutos para sua apresentação no Rock in Rio, claramente não estava bem.

Em nota divulgada ao público após sua última apresentação, o cantor afirmou:

Depois de sair do palco, a exaustão tomou conta de mim e percebi que preciso fazer da minha saúde a prioridade agora”

Ninguém sabe o que passa na cabeça de um artista que é obrigado a lidar com tanta pressão e, da mesma forma que pessoas ficaram satisfeitas com sua apresentação, outras acharam que aquela “fragilidade” deveria ser usada como motivo de piadas e memes.

Vimos um fenômeno global se apresentar para 100k de pessoas, com transmissão ao vivo do canal Multishow para todo mundo, e ele entregou seu melhor, mesmo que aquele não tenha sido o seu grande momento.

Justin Bieber veio ao Brasil, subiu no palco e se mostrou forte, forte por se apresentar mesmo com tudo o que estava passando, forte por usar daquele momento para espalhar a mensagem de igualdade, justiça e luta contra o racismo, forte por levar a pauta da saúde mental a todos.

O que podemos aprender e tomar de lição de tudo isso: é o reconhecimento de que o Justin Bieber lutou e que devemos apoiá-lo. Saúde mental é algo sério e precisa ser mais valorizada. Incentive e apoie seu ídolo, pois todos nós estamos sujeitos a isso.