Warung Day Festival 2019: um Festival em evolução

Escrito por: em 14 de março de 2019

O número 6, na cultura ocidental, geralmente é associado a uma rotina de sorte. Explica-se: é o número máximo que pode ser tirado, por exemplo, em um arremessar de dados. Assim, é visto com um significado de perfeição e totalidade. Tal definição se encaixa perfeitamente no processo de evolução do Warung Day Festival, que chega a sua 6ª edição no próximo dia 13 de abril na Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba. Essa foi a tônica da coletiva de imprensa realizada na noite desta terça-feira (12), no ParkShoppingBarigüi.

Os idealizadores do Festival, Luis Gustavo Zagonel, Patrik Cornelsen, Carlos Civitate (Jejê) e Renato Ratier, em total sintonia, fizeram um verdadeiro review das seis edições, para descrever o processo de aprimoramento de cada edição, a partir do feedback do público. “De fato, ao fazer uma retrospectiva da primeira edição até aqui, percebemos uma evolução na experiência proporcionada ao público”, destaca Patrik Cornelsen, sócio e diretor de produção do WDF. “A ideia neste ano é tornar o Festival ainda mais imersiva e sustentável, por isso temos uma pista principal maior, com visão mais limpa tanto para quem está nos camarotes quanto para quem está nas pistas”.

A tenda que cobre essa pista, por exemplo, não possui pilares internos, além de ter pé direito de 16 metros, o que possibilita melhorar ainda mais a cenografia e engenharia de som. “Com essa tenda maior na pista principal, a cenografia neste ano também será especial porque traremos uma estátua central de quase seis metros de altura”, completa Carlos Civitate (Jejê), sócio do festival e um dos grandes produtores de eventos da cidade.

Equilíbrio musical

Outro assunto destacado pelos organizadores foi a curadoria aplicada na definição do line up desta edição, que mescla artistas ainda não tão conhecidos do grande público – como Oliver Koletzki e Gerd Janson – e nomes aguardados há muito tempo pelos fiéis seguidores do estilo musical como, por exemplo, o duo Pig & Dan e o DJ Koze.

“Ao longo dos anos fomos percebendo que as pessoas gostam de circular entre as pistas durante o festival, então nossa ideia para esta edição foi ousar com apresentação de grandes DJs internacionais nas três pistas. O line up conta com 23 artistas e a programação foi muito bem pensada para que a entrega musical nas três pistas – Warung Stage, Pedreira Stage e Garden Stage – seja a melhor de todas as edições”, conta Luis Gustavo Zagonel, sócio-diretor do WDF.

Faltando 30 dias para a realização do festival, o conceito do evento foi comentado por Renato Ratier, que além de sócio do festival, é um dos grandes nomes da cena mundial da música eletrônica. “A estrutura do Warung Day Festival é uma das melhores dentre tantos festivais que tive a honra de participar. Na questão sonora, podemos proporcionar para as pessoas desde um House mais acessível, com vocal, até o Techno e Progressivo. O evento consegue manter essa coerência musical e diversidade no line up, agradando o público presente. É difícil encontrar um evento com um público tão bonito e uma organização tão boa quanto o WDF”, afirma.

Arena Natural

Desde a primeira edição, o Warung Day Festival tem como cenário a Pedreira Paulo Leminski, que possui mais de oito mil metros quadrados de área coberta, com praça de alimentação e food trucks, o que atrai pessoas de todos lugares do mundo. “Na edição passada tivemos mais de dois mil ingressos vendidos para fora do país. Curitiba é uma cidade extremamente benéfica e bem localizada em todos os sentidos, com uma boa malha aérea, restaurantes e hotéis. O WDF movimenta o turismo da cidade e agrega muito no calendário de eventos de Curitiba”, explica Zagonel.

Os ingressos para a 6ª edição do Warung Day Festival estão à venda no site oficial do evento, no ponto de vendas físico situado no piso térreo do ParkShoppingBarigüi e nas ticketeiras Blueticket, Alô Ingressos e EventBrite. Os valores do terceiro lote variam entre R$ 150 e R$ 610. Todos os ingressos estão disponíveis com meia-entrada mediante a comprovação, exceto camarotes.

LINE-UP

Anna; DJ Koze; Gerd Janson; Joris Voorn; Lee Foss & Anabel Englund; Oliver Koletzki; Pig & Dan; Rødhåd; Albuquerque; Conti & Leozinho; Danee & Edu Schwartz; Eli Iwasa; Gabe (Live); Gui Boratto; Gui Scott & Caio T; Phil Mill & Barbara Boeing; e Renato Ratier.

Sobre Warung Day Festival

Grandes artistas da música eletrônica se apresentando em um cenário natural exuberante: é isto o que faz do Warung Beach Club um lugar singular. Essa combinação entre a natureza e boa música é uma das responsáveis pelo sucesso do “Templo”, e foi em torno dela que o clube idealizou seu festival, o Warung Day Festival, que acontece anualmente na cidade de Curitiba.

Assim como Warung, um local com um visual único – e que se encaixou perfeitamente como cenário ideal para o festival do clube. E se no Warung o nascer do sol é um momento transformador, o Warung Day Festival propôs também uma nova maneira de celebrar o dia: o festival acontece à luz do sol – privilegiando ainda mais a paisagem e seguindo o exemplo de tradicionais eventos do mesmo porte realizados mundo afora.

SITE | EVENTO OFICIAL | INSTAGRAM

Vertentes

Current track

Título

Artista